AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Seque 6 kg em 20 dias com trocas inteligentes

Não consegue seguir nenhum regime, pois acha difícil se privar do que mais gosta? Teste este programa de substituições: dá para comer de tudo um pouco, só tem que ter bom senso!

Conteúdo da Máxima Publicado em 16/11/2015, às 14h00 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h44

dieta - istock
dieta - istock
Pequenas economias fazem uma grande diferença quando o assunto é caloria. Ao substituir alguns alimentos por outros similares, mais magros, você não só reduz medidas como também aprende a comer de modo mais consciente. “Além de pensar no valor energético do doce, do salgado ou da bebida, considere seu valor nutritivo. Por exemplo: um pãozinho com queijo é mais saudável do que o lanche feito com margarina”, explica a nutricionista Juliana Nascimento de Oliveira, de São Paulo.
 Outra dica: apesar de ter diferença entre as calorias do pão de forma branco e do integral, este último é sempre a melhor  pedida. É que ele tem mais fibras, que ajudam no funcionamento do intestino e dão mais saciedade.
Vale destacar que quanto mais natural for o alimento, melhor ele será para a saúde. A forma como a comida é preparada também conta. Para se ter uma ideia, 400 g de arroz refogado com 2 colheres (sopa) de óleo tem cerca de 150 calorias para cada 3 colheres (sopa) do alimento cozido. A mesma quantidade feita com 5 colheres (sopa) de óleo chega a 250 calorias! “Se você usar temperos prontos, o cenário fica ainda pior, pois eles possuem alto teor de sódio, que incha o corpo e eleva a pressão”, observa a nutricionista. Bora aprender a cortar calorias!

Menu esperto

Mesmo que seja permitido comer de tudo nesta dieta, não cometa o erro de trocar um prato de comida por pastel no almoço e outro por coxinha no jantar. Embora não ultrapasse o número de calorias permitidas diariamente (para perder peso, o ideal é ficar entre 1100 e 1500), você não estará dando o que o seu organismo realmente precisa  (e merece!) para viver bem. Procure também fugir das calorias vazias, ou seja, dos itens com pouca ou nenhuma quantidade de vitaminas e minerais. Refrigerantes, salgadinhos, fast-food e pratos feitos com açúcar branco são exemplos do que evitar.