AnaMaria
Dieta e Emagrecimento / Alimentação

Veja alimentos que podem prevenir e tratar doenças inflamatórias

Vários funcionam como remédios naturais e ajudam a tratar males de caráter inflamatório

Karla Precioso Publicado em 30/03/2019, às 14h30 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

Use os alimentos certos - Shutterstock
Use os alimentos certos - Shutterstock

Bursite, artrose, tendinite... Essas e tantas outras doenças inflamatórias, além de dor, podem causar limitação dos movimentos e sensibilidade ao toque. 

E, consequentemente, a diminuição da qualidade de vida. Nesses casos, a prescrição de anti-inflamatórios é uma prática comum, mas a boa notícia é que o consumo regular de certos alimentos pode prevenir a inflamação. É o que garante a nutricionista do Oba Hortifruti, Renata Guirau.

“Vários alimentos funcionam como remédios naturais e ajudam a tratar males de caráter inflamatório. É importante ressaltar, no entanto, que nada substitui o tratamento médico, mas, comprovadamente, a alimentação é uma aliada e tanto para minimizar (e combater) os sintomas dessas doenças”.

Descubra as melhores fontes de cura para incluir no cardápio.

Oleaginosas
Nozes, castanhas, amêndoas e avelãs são fontes de oleocanthal e vitamina E, que previnem danos celulares nos tendões e nas articulações.

Gengibre
Possui gingerol e selênio, substâncias com elevado poder analgésico e ação anti-inflamatória.

Chia e linhaça
Repletas de ômega-3, diminuem a produção de substâncias que acentuam a inflamação.

Fruta ácidas
Laranja, abacaxi e limão, ricas em vitamina C, combatem a inflamação, a dor e o inchaço, além de ajudarem na produção de colágeno - proteína essencial para a manutenção da saúde das articulações.

SEIS PASSOS PARA DESINFLAMAR

  1. Frutas, legumes e verduras devem ser bases da alimentação diária.
  2. O consumo frequente de frutas vermelhas, como morango, amora, framboesa e cranberry, minimizam a inflamação.
  3. A ingestão regular de ômega-3, substância que atenua a rigidez das articulações e está presente especialmente em peixes como salmão, sardinha, atum e arenque, também melhora os desconfortos inflamatórios.
  4. Use azeite de oliva extravirgem nas preparações cruas e azeite virgem para o preparo de pratos quentes. O óleo de oliva ajuda a combater grande parte das dores reumáticas.
  5. Nada de gorduras trans (biscoitos recheados, pães ou sorvetes), açúcar refinado e farinha de trigo, pois favorecem a inflamação. Bebidas alcoólicas em excesso, então, nem se fale! Elas elevam os níveis de ácido úrico, provocando inflamações nas articulações.
  6. A prática rotineira de atividades físicas minimiza e previne os sintomas relacionados às inflamações.