AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Seque até 8 kg com a dietoterapia

Programa de cinco semanas promete revitalizar o organismo, secar a barriga e fazer seu intestino funcionar melhor

Izabel Duva Rapoport Publicado em 27/06/2017, às 10h00 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h45

Seque até 8 kg com a dietoterapia - iStock
Seque até 8 kg com a dietoterapia - iStock
Aquela barriguinha da qual você tanto reclama, veja só, pode não ser gordura. Muitas vezes, o acúmulo nessa região é causado pelo excesso de fezes depositadas no intestino, consequência de um sistema digestivo com problemas. O quadro gera enxaqueca, inchaço, prisão de ventre, gastrite... “Setenta por cento da nossa imunidade vem da saúde intestinal. Se o fígado, intestino e estômago não funcionam bem, o corpo todo sente”, explica Andréa Fernandes, especialista em Nutrição Clínica da Universidade Federal Fluminense. Para manter a ordem nessa área, o médico austríaco Franz Xaver Mayr (1875-1965) desenvolveu Mayr Kur, uma dietoterapia. O programa de cinco semanas foca em desintoxicar, alcalinizar e revitalizar o organismo com águas minerais salinas (sal amargo e pó básico) e uma dieta hipocalórica. “O método valoriza o consumo de vegetais ricos e fibras, além de baixa ingestão de carboidratos refinados, carne vermelha, leite e proteínas de difícil digestão”, diz Andréa. Beber água e exercícios físicos também aumentam a motilidade intestinal.

Os pilares do método
■ Desintoxicação
Limpeza do aparelho digestivo pela ingestão do sal amargo, purgativo vendido em farmácias e lojas de produtos naturais por até
R$ 10. Também chamado de sal de Epson ou sal de magnésio, dissolve as fezes paradas no intestino e ajuda a eliminá-las sem comprometer a flora intestinal. A substância evita a produção de toxinas.

■ Alcalinização
Reposição dos sais minerais eliminados na ação do sal amargo. A recomendação é usar o pó básico, uma suplementação mineral à
base de magnésio, fósforo e cálcio, encontrado em farmácias de manipulação (é necessário receita médica) ou pelo site www.pobasico.com.br por R$ 129,90. O produto aumenta a sensação de saciedade.

■ Revitalização
Reeducação alimentar, priorizando uma dieta de baixa caloria e com intensa mastigação dos alimentos, além de exercícios moderados e massagens abdominais.


Para conquistar o resultado esperado
■ Evite café, chás ou qualquer produto que contenha cafeína (tome apenas quando indicado no cardápio).
■ Nada de doces nem bebidas com gás, como refrigerantes e álcool.
■ Evite carne, peixe, frango, queijos amarelos (coma apenas quando indicado no cardápio) e embutidos.
■ Não coma frituras.
■ Beba bastante água ou chá de ervas (pelo menos 2 litros por dia)
■ Compre e guarde o sal amargo e o pó básico.
■ Mastigue muito bem os alimentos.
■ Nada de hortaliças, legumes, frutas ou outro alimento cru após às 17h. Como nosso metabolismo e sistema digestivo começam a diminuir o ritmo do funcionamento no final da tarde, prefira alimentos de fácil digestão. E mastigue bem para facilitar a desintoxicação do organismo.

Hora de começar o programa

Semana 1 - Preparo
Café da manhã
■ 1 fatia de pão sem glúten + 1 fatia de queijo minas ou ricota.
■ 1 fruta (banana, maçã, pera ou ¼ de abacate)

Almoço
■ 1 prato de mix de folhas com pouco azeite e temperos naturais (orégano, alecrim, sal marinho ou do Himalaia)
■ 2 colheres (sopa) de arroz integral
■ 1 cápsula de óleo de linhaça Lanche da tarde
■ 1 fruta ou 1 fatia de queijo branco

Jantar
■ 2 colheres (sopa) de purê de batatas
■ 1 fruta assada (banana ou maçã)
■ 1 cápsula de óleo de linhaça


Semana 2 - A dieta
Antes do café da manhã
Beba 1 colher (chá) de sal amargo dissolvido em 1 copo de água morna. Depois, tome mais dois copos de água em temperatura ambiente (espere 20 minutos para o café).

Café da manhã
■ 1 fatia de pão sem glúten (mastigue 30 vezes a cada mordida)
■ 1 xícara (chá) de leite desnatado ou 1 pote de iogurte desnatado para facilitar a mastigação
■ Pode trocar essa refeição por duas batatas cozidas (pequenas) + 1 ovo cozido OU um purê de ¼ de abacate com pouco sal e um fio de azeite
■ 1 cápsula de óleo de linhaça

Lanche da manhã
■ 1 colher (chá) de pó básico dissolvida em 250 ml de água morna.

Almoço
■ Repita o café OU 2 batatas cozidas + ½ lata de atum light (sem óleo)
■ 1 cápsula de óleo de linhaça

Lanche da tarde
■ Idem ao lanche da manhã

Jantar
■ Repita o café OU 1 batata cozida + 1 colher (sopa) de requeijão light + ½ copo de leite desnatado
■ 1 cápsula de óleo de linhaça

Ceia
■ 1 prato fundo de caldo de legumes

Antes de dormir
■ 1 colher (chá) de sal amargo + 1 colher (chá) de pó básico diluídas em 250 ml água morna. Depois, 2 copos de água em temperatura ambiente


Semana 3 - A dieta
Antes do desjejum, no café, nos lanches e na ceia, repita a segunda semana. Apenas mastigue a fatia de pão 40 vezes por mordida.

Almoço
 2 batatas cozidas
 1 batata-doce pequena cozida com 1 frango pequeno grelhado OU 1 inhame cozido + 1 ovo cozido + 1 fatia pequena de queijo minas
 1 cápsula de óleo de linhaça

Jantar
 1 sopa de batata temperada com sal, um fio de azeite, salsa e cebolinha, e pedaços de tofu (queijo de soja) ou queijo minas OU 1 batata cozida + 1 colher (sopa) de requeijão light + ½ copo de leite desnatado
 1 cápsula de óleo de linhaça

Antes de dormir
 1 colher de pó básico diluída em 250 ml de água morna


Semanas 4 e 5 - Resguardo
300 ml de água em temperatura ambiente para começar o dia com o corpo hidratado

Café da manhã
 1 porção de frutas com um fio de mel e granola. Use chia, linhaça dourada e/ou quinoa.
 200 ml de leite desnatado com café
 1 fatia de pão integral com ricota OU 3 rodelas de batata-doce cozida com um ovo mexido

Almoço
 1 prato pequeno de legumes cozidos (inhame, cenoura, chuchu, brócolis) OU 4 colheres (sopa) de arroz integral com meia concha de feijão ou lentilha
 1 bife pequeno de frango ou carne grelhado OU 1 ovo cozido OU uma fatia grossa de queijo minas
 Salada verde com cebola roxa e tomate à vontade
 Tempere com pouco sal, um fio de azeite e produtos naturais (limão, orégano, alecrim, noz-moscada, pimenta)

Lanche da tarde
 1 pera ou maçã, 1 xícara (chá) de leite desnatado e 3 biscoitos integrais
Lembre-se: depois das 17 h, nada de comer alimentos crus

Jantar
 Repetir o almoço ou uma sopa rala de legumes com músculo


Após o fim da dieta
 Você pode seguir o cardápio de resguardo por tempo indeterminado.
 O pó básico pode ser usado fora do período da terapia, apenas uma vez ao dia, para estimular a alcalinização do organismo. Mas lembre-se: tome-o até uma hora antes das refeições ou duas horas depois, diluindo 1 colher (chá) em um copo de água morna.

Turbine o efeito
 Tome 1 pequena taça de vinho tinto seco no almoço.
 Faça drenagem linfática duas vezes por semana.
 No banho, alterne 1 minuto de água fria e quente para estimular o sistema linfático.
 Use bolsas de água quente sobre o fígado antes de dormir para incitar a desintoxicação.
 Caminhe 30 minutos por dia.
 Faça a ceia pelo menos uma hora antes de deitar.
 Durma ao menos sete horas por noite, iniciando o sono às 21h30.

Caldo de legumes
Ingredientes
 4 litros de água
 1 cebola grande
 2 cenouras
 ½ repolho
 4 grãos de pimenta-do-reino
 3 talos de aipo (também pode usar as folhas)
 3 folhas de louro
 Sal a gosto (de preferência, sal do Himalaia ou marinho)

Modo de preparo
Em uma panela funda, jogue todos os ingredientes picados em tamanhos grandes e acrescente a água. Deixe cozinhar por 1 hora.
Retire os legumes e consuma somente o caldo.
{# Taboola Newsroom #}