AnaMaria

10 passos para perder a vergonha e conseguir bons descontos

Não é mico: negociar com os vendedores faz a maior diferença no final do mês

Ana Bardella Publicado em 25/03/2018, às 10h00 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

É mais fácil do que você imagina! - iStock
É mais fácil do que você imagina! - iStock

Reinaldo Domingos, presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros, ensina a ter bons descontos

1. Diga quanto quer pagar

Assim que entrar na loja, deixe claro para o vendedor que quer adquirir certo produto ou serviço, mas só poderá gastar uma determinada quantia. Assim, ele se esforçará para adequar a busca ao valor disponível.

2. Pague em dinheiro

Sabia que os lojistas pagam taxas para utilizar as máquinas de cartões? Com o pagamento à vista, tente negociar o desconto.

3. Se não puder, negocie a forma de pagamento

Suponha que a compra deu R$ 100. Primeiro, pergunte em quantas vezes pode parcelar sem juros. Depois, quanto sairia se pagasse à vista. Se tiver R$ 10 de desconto, pergunte se não é possível ter o desconto e mesmo assim parcelar. Não custa tentar!

4. Seja educada e gentil

Algumas pessoas costumam ser rudes com os lojistas e isso interfere. Estabelecer um bom relacionamento com o vendedor é importante para fazer as negociações!

5. Esteja de bom-humor

Evite fazer compras nos dias em que está mais estressada. A descontração faz com que você tenha mais jogo de cintura para conseguir descontos (além de conquistar a empatia do vendedor).

6. Não sinta vergonha!

Tenha em mente que nos preços de todos os serviços e produtos há valores excedentes. Essa margem é criada justamente para que as empresas flexibilizem seus preços. O vendedor não está disposto a negociar? Agradeça educadamente e vá para a loja concorrente!

7. Não vá com pressa

É preciso disposição para bater perna e comparar os preços. Melhor gastar a sola do sapato do que desperdiçar seu dinheiro tão suado...

8. Saiba o momento

Lojas de departamento ou redes de restaurante costumam ter os preços tabelados. Prefira, então, as queima de estoque ou promoções.

9. Pesquise na internet!

No universo virtual, os preços costumam ser menores. Veja o que vale mais a pena: adquirir o produto com a taxa de entrega ou negociar cara a cara. Se preciso, cite o valor da sua pesquisa on-line.

10. Valorize os descontos

Não vá com grandes expectativas. Qualquer diferença no total já deve ser comemorada, afinal, você conseguiu pagar um tanto a menos.