AnaMaria
Dinheiro / Compras

Afinal, qual é a diferença entre comprar em lojas físicas e online na Black Friday?

Especialistas explicam as diferenças entre lojas físicas e online durante a Black Friday

Marcela Del Nero Publicado em 27/11/2019, às 08h40 - Atualizado às 11h20

A tradição começou lá nos Estados Unidos e chegou no Brasil em 2010 - Banco de Imagem/Getty Images
A tradição começou lá nos Estados Unidos e chegou no Brasil em 2010 - Banco de Imagem/Getty Images

A Black Friday já é considerada uma das maiores liquidações do ano. Tanto que tem até quem deixe de comprar as artigos no decorrer dos meses apenas para aproveitar o período de descontos, que desta vez acontecerá na próxima sexta-feira (29).

A tradição começou lá nos Estados Unidos e chegou no Brasil em 2010. Segundo o blog Econoweek, do UOL, nas terras norte-americanas, as lojas físicas dão um show quando o assunto é desconto. Já em nosso país, as vendas online são as que predominam.

Mas afinal, o que vale mais a pena: comprar nas lojas físicas ou online? AnaMaria Digital conversou com especialistas para você decidir qual das duas opções é mais favorável para o seu bolso.

PREÇO
Apesar de serem vendidos pela mesma loja, os valores de alguns produtos podem sofrer alterações na hora de serem disponibilizados na loja física e online. 

Por não terem que gastar com espaço comercial grande, os custos das vendas por internet são sempre menores e em maior escala, possibilitando reduzir ligeiramente os preços.  

Isso é o que explica Eliane Tanabe, planejadora financeira da Planejar - Associação Brasileira de Planejadores Financeiros.

O mesmo ponto é uma desvantagem para os comércios locais. O gerente de Identidade Digital do Serasa Experian, Fabiano Leite, exemplifica que o produto pode gerar um custo de armazenamento para a loja.
black

COMODIDADE
Com os avanços da tecnologia, conseguimos comprar o que quisermos apenas com alguns cliques. E foi justamente essa facilidade que faz com que as lojas físicas percam sua clientela. 

Para Fabiano, o custo de locomoção também pode ser um impeditivo, superando até o valor do frete. “Os preços da gasolina e estacionamentos pagos dos estabelecimentos podem deixar a compra ainda mais cara”, ressalta.

black

NEGOCIAÇÃO
É nesse ponto que talvez seja interessante ir até o comércio mais próximo. Leite explica que, nas lojas físicas, há maior possibilidade de desconto pelo fato dos vendedores terem incentivos e metas a serem cumpridas.

Tanabe ainda pontua que esses estabelecimentos levam em consideração a forma de pagamento, preço da concorrência, utilização de frete, se o cliente vai levar a mercadoria de imediato ou ainda vai realizar mais pesquisas.

Ela também recomenda reparar em defeitos dos produtos. Caso não se incomode com pequenas manchas e riscos, vale a pena pedir um desconto extra.

black

SEGURANÇA
Apesar de haver uma certa resistência com o mundo online, a segurança dos sites e aplicativos é bem fácil de ser checada. 

Caso você esteja usando um computador, o profissional do Serasa recomenda que você procure pelo cadeado de segurança, localizado no canto superior esquerdo do navegador.  

“Se ele tiver fechado, o site pertence àquela empresa e seus dados estão protegidos. Se não tiver o cadeado, fique atento!”, alerta.

Clicando no ícone, é possível verificar se há certificado válido emitido para a página. Confira na imagem abaixo com o exemplo do site de AnaMaria Digital.

black

Nos aplicativos de celulares, é importante ler as condições de uso de cada um, assim você tem certeza da credibilidade.

No entanto, como as redes sociais têm sido o maior alvo dos golpistas, tome cuidado com links suspeitos e preços muito diferentes dos oferecidos por lojas credenciadas. Pesquisar nunca é demais e evita muita dor de cabeça.

No caso das lojas físicas, esse tipo de golpe pode ser menor, porém é importante conferir o valor informado pelo vendedor com o que foi passado no cartão de crédito. Além disso, Eliane alerta para não desgrudar da bolsa nenhum segundo.

black

Pronta para as compras? Com todas as dicas e alertas dos profissionais, é possível aproveitar os descontos e saber qual a melhor forma de adquirir produtos durante a Black Friday. Mas lembre-se: sempre com a mão na consciência para não exagerar e ficar com dívidas no final.