dinheiro   / Família

Como organizar as finanças em casa durante a quarentena? Veja dicas

Especialista afirma que é importante ajustar os gastos

Da Redação Publicado quarta 6 maio, 2020

Especialista afirma que é importante ajustar os gastos
É preciso observar com atenção os gastos - Banco de Imagem/Pixabay

Em meio ao cenário difícil que todos enfrentamos durante a pandemia do novo coronavírus, muitos têm perdido parte considerável de sua renda mensal. E como organizar a economia doméstica para ultrapassar esse período de crise sem grandes traumas?

AnaMaria Digital conversou com Luciana Port, da Gi Group Brasil, atrás de algumas dicas sobre a saúde financeira das famílias neste momento tão complicado.

Mas, antes de mais nada, a especialista em finanças ressalta que, se houve qualquer tipo de perda devido ao declínio da atividade econômica, é muito importante ajustar os gastos para este novo patamar de receita.

Confira outras recomendações!

LISTAR OS GASTOS DA CASA
Anote exatamente tudo o que você gasta: “Esse é o primeiro passo. Pode ser em uma planilha de Excel ou em papel mesmo”, aconselha a especialista.

CONSIDERAR O AUMENTO DE DESPESAS
“É preciso observar com atenção os gastos que antes ocorriam dentro do ambiente profissional, como consumo de água e luz, por exemplo, e que passam a fazer parte do consumo familiar e, portanto, virão em valor maior no próximo mês”, alerta. 

Ela ainda afirma que alguns consumos estão sofrendo desconto ou congelamento, trazendo melhorias no fluxo de caixa.

REDUZA AS IDAS AO SUPERMERCADO
“Além de evitar a exposição ao vírus, evita a lei da compensação. Por estar de quarentena, o supermercado pode passar a ser uma válvula de escape para consumo”, pontua. 

Aqui, a dica é evitar a tentação e ir com uma lista pronta. Procure comprar legumes, verduras e frutas da estação, que costumam ter preços melhores, e procure por promoções. Não compre nada que não seja necessário e que não será efetivamente consumido dentro da casa.

DÍVIDAS
Segundo Luciana, este não é o momento de buscar endividamento. Caso seja de extrema necessidade, analise as linhas de crédito que o Governo tem disponibilizado ou as condições especiais que os bancos têm proposto de refinanciamento de dívidas e alguns congelamentos de parcelas.

INVESTIMENTOS
“Este não é o melhor momento para investir. Evite comprometer grande parte da renda em investimentos volumosos”, recomenda. 

EVITE O USO DE CARTÕES DE CRÉDITO
A melhor saída é observar a data de fechamento da fatura e não atrasar os pagamentos. “Não o utilize para se endividar, já que os juros são altos e a conta vem”, avisa.

SEPARE RECURSOS E TEMPO PARA DIVERSÃO 
Luciana ressalta a importância de incluir o lazer no planejamento financeiro para manter a estabilidade emocional: “Em períodos como este, de crise, um dos pontos importantes para manter a saúde é conseguir se divertir”.

Último acesso: 08 May 2021 - 22:08:41 (1107893).