Dinheiro Conselho

Direito do consumidor: o que fazer se meu carro foi danificado no estacionamento?

O prazo para reparação de danos é de cinco anos. Contudo, melhor buscar a Justiça o quanto antes

sábado 5 janeiro, 2019
Casos como esses devem ser levados ao Procon mais próximo da sua casa.
Casos como esses devem ser levados ao Procon mais próximo da sua casa. Foto:Banco de Imagem/iStock

Seja qual for o dano causado ao veículo, como riscos, batidas ou até mesmo furtos e roubos, cabe ao estacionamento reparar o consumidor pelos danos e prejuízos sofridos. 

Isso consta no artigo 14 do Código de Defesa do Consumidor, que descreve que o estabelecimento assume o dever de lealdade e de segurança, contido em qualquer relação contratual, como aplicação concreta do princípio da confiança.

Notícias Relacionadas

Um ponto que vale ressaltar é que, mesmo em casos de estacionamento gratuito, o fato de o proprietário se colocar na posição de assegurar o veículo (construindo muro, colocando grades no local ou ainda garantindo os serviços de porteiros e vigilantes no estabelecimento) o faz responsável pelo inconveniente e pelos danos sofridos ao consumidor.

SEM VALIDADE
Um alerta importante (e que quase ninguém sabe) é com relação às mensagens que aparecem, muitas vezes, em placas pelo estacionamento ou no próprio tíquete de controle, dizendo que “o local não se responsabiliza por danos ou objetos deixados no veículo”. 

Tais avisos, porém, não têm validade jurídica. Então, ao retornar ao estacionamento onde deixou seu carro, é fundamental saber que, se não encontrar seus bens no interior do veículo ou se encontrar o próprio veículo com qualquer tipo de dano, você tem o direito à reparação. 

E mais: sem precisar provar a culpa da empresa. Casos como esses devem ser levados ao Procon mais próximo da sua casa. E, se o consumidor não conseguir resolver o problema, pode procurar os juizados especiais, que atendem gratuitamente causas de até 20 salários mínimos. Acima desse valor é necessário procurar um advogado.

THIAGO VIEIRA é advogado inscrito na OAB/SP sob o no 359.997,formado pela Faculdades  Integradas Torricelli e pós-graduando em Processo Civil pela PUC-Campinas. Membro da Comissão de Defesa do Consumidor da OAB/SP e militante nas áreas do Direito Privado.

Da Redação
Leia Mais:

Assine a Revista Digital

Bate Bola na Cozinha

BEM-ESTAR

  1. 1 Estamos na estação do calor, sol, praia e... coceira vaginal
  2. 2 Veja 7 hábitos que ajudam a regular o colesterol
  3. 3 Ansiedade: como lidar quando a mente não relaxa nunca
  4. 4 ''Existe algum alimento capaz de prevenir doenças vasculares?''
  5. 5 Pergunte ao especialista: é perigoso tomar um remédio que já venceu?