Dinheiro Renda extra

Doce no pote: faça em casa e ganhe dinheiro vendendo essa delícia

Produto é ótima opção para ter uma renda extra ou começar um pequeno negócio

sexta 7 dezembro, 2018
As vantagens realmente são muitas
As vantagens realmente são muitas Foto:Banco de Imagens/Getty Images

Pode ser uma receita antiga da vovó, uma diferente elaborada pela vizinha ou qualquer outra mais tradicional que sempre fez sucesso entre nós.

O fato é que os doces cremosos de colher podem trazer bons frutos para a renda da família. 

Notícias Relacionadas

Isso porque eles são uma alternativa barata e simples de começar seu próprio negócio. 

As vantagens realmente são muitas: além de fáceis de fazer, com custos de produção baixos, o negócio permite que você trabalhe em casa e faça seu próprio horário. 

Você ainda venderá um produto de fácil aceitação e de alta lucratividade. Afinal, quem resiste a essa tentação? 

A seguir, revelamos os passos para você começar hoje mesmo a empreender e faturar de um jeito bem doce!

OS MELHORES DOCES
Para começar, o indicado é escolher doces populares, de preparação simples e custo baixo. 

Isso fará com que você tenha mais facilidade para vender e, consequentemente, fidelizar a clientela. 

Dentre tantas opções, escolhemos três receitas tradicionais para você dar o pontapé inicial. Mas atenção: não se sinta limitada a fazer apenas essas! 

A confeitaria é um mundo vasto e a criatividade tem espaço de sobra nesse negócio. Com o tempo e com a prática, invista em
novos sabores e ofereça itens diferenciados (todo mundo gosta de uma novidade).

Uma boa ideia, nesse caso, é oferecer pequenas amostras de suas novas criações. Assim, as pessoas ficam conhecendo e podem avaliar a receita na mesma hora.

COMO COMEÇAR A VENDER
Teste a receita várias vezes até colocar o produto à venda. Se achar que pode obter resultados melhores, faça mais testes com outras receitas. 

Outro ponto fundamental é estruturar o negócio e planejar seus passos. Tenha uma tabela de gastos, calcule O preço de venda correto, faça o marketing do seu negócio.

Use as redes sociais como aliadas e vá a locais de grande fluxo para oferecer os doces, como praças, saída de escolas e porta de hospitais). 

Informe a seus amigos e familiares que está vendendo doces e aproveite para perguntar a eles quais são os preferidos ou se têm sugestões. E, por fim, crie um bom relacionamento com os clientes.

QUANTO COBRAR?

A conta é a seguinte: Custo total de produção X 3 + 10%

LEMBRE-SE de que o seu trabalho é artesanal. Não queira nivelar seu preço com produtos industrializados ou feitos em grande escala de produção por especialistas em bufê, padarias ou lanchonetes.

Esse é o seu melhor argumento na hora de justificar o valor do produto.
 

Karla Precioso
Leia Mais:

Receba em Casa

Vídeos

BEM-ESTAR

  1. 1 Dor nas costas? Veja 10 dicas para manter a coluna saudável
  2. 2 Sofre com dores na coluna? Evite problemas nas costas durante viagens
  3. 3 Doença de Chagas: problema tem sido associado ao consumo do açaí
  4. 4 Apenas 36% dos brasileiros utilizam protetor solar diariamente, diz pesquisa
  5. 5 Não consegue ir até a academia? Veja 5 dicas para treinar sozinha em casa