AnaMaria
Dinheiro / Negócios

Festival de trufas: dicas para se deliciar e lucrar com a iguaria

Venda de doces artesanais é um negócio promissor; veja como fazer

Karla Precioso Publicado em 23/02/2019, às 16h00 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h46

Tenha uma linha de sabores voltados para diabéticos - Divulgação/SupraSoy
Tenha uma linha de sabores voltados para diabéticos - Divulgação/SupraSoy

Não é segredo: uma trufa é sempre um presente e tanto para os amantes de chocolate, mas o que poucas pessoas sabem é que essa delícia nasceu na Áustria, no século XIX, e foi resultado do erro de um chef que acabou se distraindo e polvilhou cacau em pó sobre o doce que preparava. 

Como o seu formato era arredondado, muito semelhante ao de um tartufo (ou trufa, um fungo que cresce embaixo das árvores e, quando é colhido, ainda está coberto com terra escura), eis que surgiu a referência a esse doce que, com o passar dos anos, ganhou fama e sabores variados, além de se tornar uma boa fonte de renda.

Portanto, se você tem um pouco de afinidade com culinária, fazer trufas pode ser o seu grande negócio. Veja as dicas de como se tornar uma empreendedora de sucesso.

NEGÓCIO VANTAJOSO
Não é preciso investimento alto para começar, já que as trufas são feitas com e a partir de ingredientes acessíveis. Outro fator relevante é a facilidade de realizar o trabalho: a cozinha de casa é o espaço suficiente.

Mais um ponto favorável: fazer os doces nas horas de folga. Com o tempo, talvez, você nem precise mais de seu serviço formal, pois vender trufas pode se transformar em seu trabalho principal.

Oferece excelente lucro em um mercado promissor, já que o produto pode ser comercializado o ano todo. Festa de aniversário, batizado, casamento, formatura e outros eventos festivos são boas oportunidades.

Ainda há a vantagem de ser um doce delicioso feito com um ingrediente que é paixão nacional: o chocolate!

Para ALAVANCAR as vendas
Encontre a receita ideal. Pesquise, experimente até achar a melhor. Você tem à sua disposição revistas consagradas, internet e livros.

PRIME PELA QUALIDADE DOS PRODUTOS
Não ponha em risco seu negócio utilizando ingredientes de segunda qualidade, especialmente o chocolate: carro-chefe do empreendimento. A fama corre. Se você oferecer trufas com boa procedência, novos fregueses sempre surgirão.

CUIDE COM CARINHO DA APRESENTAÇÃO
As embalagens devem ser em papéis finos e que não alterem a cor ou o sabor das trufas. Na hora de embalar, dê seu toque de originalidade e personalize o produto. Ofereça caixas conforme o calendário. No Natal, por exemplo, enfeite a caixa ou sacola com pequeninos sininhos de tecido dourado. Na Páscoa, acrescente coelhinhos delicados de feltro. Isso poderá ser o ícone da sua marca e fazer toda a diferença no negócio.

ESTRATÉGIAS CERTEIRAS
Não faça muito estoque. O produto é perecível e estraga com facilidade. Coloque uma colher (chá) de alguma bebida (rum, uísque ou conhaque) na massa do recheio para conservar por mais tempo. Produtos alimentícios precisam ter a data de validade no rótulo. Trufas normalmente aguentam bem 15 dias após a data de fabricação.

Não engane clientes para fazer vendas. Dizer que uma trufa é diet quando não é pode pôr em risco a saúde das pessoas, abalando sua credibilidade para sempre. Tenha uma linha de sabores voltados para diabéticos. Faça poucas unidades desse tipo e informe as pessoas que tem esse produto para oferecer.