AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Você já está preparada para a tal TV Digital?

A televisão brasileira deixará de ser analógica. Isso significa novos serviços e melhor qualidade de imagem. Saiba como se adequar a essa nova realidade

Patricia Gebara Publicado em 01/03/2017, às 14h00 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h44

Você está preparada para a tal TV Digital? - Shutterstock
Você está preparada para a tal TV Digital? - Shutterstock
As propagandas aparecem a  toda hora, com direito a clipe de artistas famosos e tudo, para dizer que o sinal digital veio pra ficar. Mas o que isso quer dizer? Isso significa que a TV analógica, forma antiga de transmitir a programação, vai acabar de vez no Brasil em 2018 e passaremos todos a ter acesso à TV Digital. Calma, sem desespero que a notícia é boa: a qualidade da imagem e do som vai melhorar e teremos novos serviços, como informações sobre a programação, sinopses de filmes, assim como já ocorre com a TV a cabo. Mas, para isso, você precisará fazer alguns ajustes. Conversamos com especialistas no assunto, entendemos como tudo funciona e fizemos um passo a passo com o que você deve fazer para não ficar no passado. Prepare-se!


1 O que muda

Aquele chiado chato ou imagem com “fantasmas” na TV é culpa do tal sinal analógico. A promessa da TV Digital é acabar com isso de forma gratuita, proporcionando ao telespectador uma imagem em alta definição. Além disso, você conseguirá interagir com a programação ao ter informações detalhadas das atrações. Dará também para assistir TV no celular, tablet ou qualquer aparelho que receba o sinal. 


2 Quando e como

O processo de desligamento do sinal analógico começa já no ano que vem e estará completo em todo o Brasil até 2018. Depois disso, só vai ver TV quem for digital! Vale lembrar que o novo sinal já está disponível. A única mudança é que o governo vai desligar o analógico, então não haverá mais a possibilidade de utilizá-lo. E para conseguir captar o sinal você deverá comprar um conversor, caso o seu aparelho não venha com um embutido. A compra será necessária quando...

… a TV é de LED, LCD ou plasma fabricada no Brasil antes de 2010.

… a TV é de LED, LCD ou plasma e foi comprada no exterior.

… a TV é de tubo. 

DICA: se aparecer um “A” no canto superior direito da tela da sua TV significa que o seu aparelho não tem o conversor embutido.


3 Quanto custa

Além do conversor externo, você precisará de uma antena para receber o sinal. É bem provável que você a tenha, já que ela também é necessária para o analógico. Em todo caso, os dois são vendidos em lojas de departamento ou supermercados. O conversor custa entre R$ 120 e R$ 160 e a antena, por volta de R$ 60. Para um melhor resultado, os especialistas indicam optar por uma antena externa, aquela que fica no telhado. Se for aderir, peça a ajuda de um antenista para instalá-la! 


4 Como instalar

É fácil: basta conectar o conversor na antena e também na entrada HDMI do televisor. Ligue a TV e, automaticamente, ele vai identificar os canais. Para fazer tudo certinho, siga as instruções da embalagem, ok?  


Contagem regressiva para a mudança

A partir do ano que vem, um cronograma começará a ser colocado em prática. A mudança se dará primeiro em Brasília, São Paulo, Minas Gerais e Goiás. Para saber quando a sua cidade entrará no jogo, acesse o site da Entidade Administradora da Digitalização (EAD) bit.ly/1UZ4lma ou ligue no 147. 



ESQUENTA

Já em novembro será feito um teste na cidade de Rio Verde, em Goiás. A experiência vai servir para corrigir possíveis falhas antes de começar a mudança pra valer. Ah, e durante a transição, a EAD vai verificar a adesão dos municípios. O sinal analógico só poderá ser desligado se ao menos 93% dos domicílios de cada cidade estiverem aptos a receber o sinal digital. 


MAS POR QUÊ?

Tudo isso precisa acontecer porque as empresas de telefonia necessitam da frequência analógica para melhorar o serviço 4G. 


Atenção: Se tem um pacote de TV por assinatura, não se preocupe: o aparelho da operadora já transmite o sinal digital!


                Beneficiados do Bolsa Família recebem, de graça, o kit com conversor e antena 


                Cada TV precisa de um conversor. Se você tem três em casa, compre três conversores! 




Fontes: Assessoria de Comunicação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e Ana Eliza Faria e Silva, coordenadora do Módulo Técnico do Fórum do Sistema Brasileiro de TV Digital Terrestre (Fórum SBTV).