AnaMaria

Até quando devo amamentar meu bebê?

Entenda as recomendações da Organização Mundial da Saúde

Caroline Cabral Publicado em 09/06/2017, às 13h54 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h45

Amamentação de bebês - Divulgação
Amamentação de bebês - Divulgação

O período da amamentação é uma das fases mais importantes durante o desenvolvimento do cérebro da criança. A recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) é de que o aleitamento materno seja exclusivo até os seis meses de vida – ou seja, que a criança não receba nenhum outro complemento alimentar, nem mesmo água, nesse período. A partir dos seis meses a recomendação é de que a criança continue a receber o leite materno com o adendo de alimentos complementares, como sopas e papinhas. O ideal, de acordo com a OMS, é que as crianças sejam amamentadas até os 2 anos de idade. Como benefício comprovado, a criança terá um aumento de 20% a 30% da matéria branca do cérebro, área responsável pela agilidade e rapidez de sinapses quando a criança atinge os 2 anos de idade. Muito embora as enfermeiras sejam as grandes difusoras desses conhecimentos, pais bem instruídos são de grande valia para auxiliar as mães no período. Durante o processo de amamentação é comum que o peito fique dolorido e até rachado. Muitas crianças não aderem ao seio facilmente, gerando grande frustração nas mães, que por vezes sentem-se incapazes e falhas. O apoio paterno é primordial para que a mulher tenha ainda mais paciência e resiliência nesta fase tão importante para a criança e, em última instância, a família.