Atenção, adultos: não faça a garotada pagar mico no Facebook

Você curte e comenta tudo o que o seu filho publica? Jovens detestam isso; evite conflitos

sexta 4 janeiro, 2019
Acompanhe os posts e comentários sem se manifestar
Acompanhe os posts e comentários sem se manifestar Foto:Banco de Imagem/iStock

Parece que a molecada de hoje já nasceu plugada nas redes sociais. Pudera: esses pontos de encontro virtuais são espaços de descontração e até de desabafo. 

Mas se tem uma coisa que incomoda os adolescentes no Facebook e em outras redes sociais é ver os pais curtindo e compartilhando tudo aquilo que eles publicam.
 
Por mais que a gente tenha certeza de que nosso rebento é o ser mais lindo e inteligente do mundo, precisamos segurar a onda para não expor demais a criança e depois ouvir dela que só a fazemos pagar mico. 

Notícias Relacionadas

“É difícil para o adulto diferenciar quando pode ou não participar de conversas públicas na rede. Às vezes, depois que o pai, mãe ou tio entram no papo ou na troca de posts, acaba o assunto”, explica a psicóloga Juliana Cunha. 

Para evitar conflitos domésticos, conheça nosso guia antimico nas redes sociais e nunca mais saia escrevendo “fofo da mamãe” embaixo de todas as fotos do seu garotão.

QUANDO POSSO ENTRAR NO PAPO?
Da mesma forma que você, seus filhos também têm o grupo de amigos só deles. Conversas sobre músicas, roupas, paqueras ou baladas pertencem ao mundo da turma, não ao seu. 

Por isso, acompanhe os posts e comentários sem se manifestar. “Há adolescentes que até gostam da participação das mães nas trocas de comentários, mas não é regra”, explica Juliana.

“Conversas pessoais ou fofocas devem ser citadas apenas em mensagens privadas.” Para isso, o Facebook disponibiliza o que chamamos de “in-box” (na caixa).

Para conversar de forma reservada, abra o perfil do amigo e clique sobre a palavra “mensagem”. E evite saias justas!

EVITE MARCAR FOTOS
Quando publicar uma foto do seu filho, não marque o nome do garoto sem antes perguntar para ele se tudo bem. 

Quando marcamos alguém, ou seja, quando escrevemos o nome de outra pessoa no post, os amigos daquela pessoa visualizam a imagem também, o que pode gerar situações desconfortáveis. 

Imagine como um jovem se sente diminuído ao ver na sua linha do tempo uma foto em que ele acha que não saiu tão bem. Chato, né?

CRIE LISTAS DE AMIGOS
Algumas publicações não precisam ser expostas a todos. Muitas vezes, deixamos comentários que podem gerar mal-estar. Para evitar isso, crie listas de amigos e, antes de publicar um post, direcione apenas àqueles que devem visualizá-lo.
 

Gustavo Curcio
Leia Mais:

Assine a Revista Digital

Bate Bola na Cozinha

BEM-ESTAR

  1. 1 Estamos na estação do calor, sol, praia e... coceira vaginal
  2. 2 Veja 7 hábitos que ajudam a regular o colesterol
  3. 3 Ansiedade: como lidar quando a mente não relaxa nunca
  4. 4 ''Existe algum alimento capaz de prevenir doenças vasculares?''
  5. 5 Pergunte ao especialista: é perigoso tomar um remédio que já venceu?