Cão e gato morando juntos: quais os cuidados na hora da convivência?

Em relação à alimentação, é fundamental que cada animal coma a sua própria comida

Da Redação Publicado domingo 14 junho, 2020

Em relação à alimentação, é fundamental que cada animal coma a sua própria comida
A dica é supervisionar e deixar a comida do gato em um local fora do acesso do cão - Banco de Imagem/Pixabay

Muita gente ainda acredita que a boa convivência entre essas duas espécies é algo impossível de acontecer, mas a verdade é que cães e gatos podem vir a ser grandes amigos! 

Mesmo convivendo bem, é importante que a gente entenda que são animais com necessidades diferentes e, para manter um relacionamento saudável, precisamos atender cada espécie da forma correta. 

Gatos normalmente têm preferência por habitar lugares altos, onde podem ter uma visão panorâmica do ambiente. Dessa forma, é preciso proporcionar a eles prateleiras ou nichos onde possam explorar ou descansar. 

Já os cães não têm essa necessidade, então suas acomodações (caminha e potes de ração/água) podem ficar no chão, preferencialmente, longe do local escolhido para ser o banheiro. 

Em relação à alimentação, é fundamental que cada animal coma a sua própria comida. Portanto, a dica é supervisionar esse momento e deixar a comida do gato em um local fora do acesso do cão, pois a mesma costuma ser bastante atrativa para ele. 

Outro ponto importante de se avaliar também é a disposição do banheiro desses dois animais. Assim como a comida, as fezes do gato costumam chamar bastante atenção dos cachorros. 

Aqui, a sugestão é que a caixinha de areia fique em um local fora do acesso do cão e, de preferência, em um local agradável e tranquilo para o gato. Em relação às brincadeiras entre as duas espécies, é muito importante sempre se atentar aos sinais de desconforto de um em relação ao outro. 

Fornecer enriquecimento ambiental, gasto de energia adequado e uma opção de rota de fuga para ambos, por exemplo, são algumas dicas que podem contribuir (e muito) para evitar brigas e disputas entre eles, favorecendo, assim, uma relação harmoniosa e bastante segura. E é isso o que a gente quer! 

MARCELA BARBIERI BORO, zootecnista, médica veterinária e adestradora.

Último acesso: 04 Mar 2021 - 08:40:36 (1113404).