AnaMaria
Família/Filhos / Crianças

Desfralde: confira os erros mais comuns na hora de tirar a fralda da criança

Saiba como evitar que o processo seja ainda mais turbulento

Da Redação Publicado em 16/01/2021, às 10h00

Vale lembrar para sempre contar com a orientação de um médico que você confia - Pamela Kiefer/Pixabay
Vale lembrar para sempre contar com a orientação de um médico que você confia - Pamela Kiefer/Pixabay

O momento do desfralde exige calma e paciência. É possível que o processo seja demorado. 

“Algumas crianças levam poucas semanas para aprender a usar o banheiro, enquanto outras podem demorar até seis meses” alerta a pediatra Loretta Campos.

Vale lembrar para sempre contar com a orientação de um médico que você confia.

Veja o que evitar para o processo ser tranquilo.

  • COMEÇAR ANTES DA HORA: o ideal é a partir dos dois anos, pois nessa as crianças têm autonomia para andar, tirar a roupa e expressar que estão incomodadas com o cocô. 
  • EXPOR A CRIANÇA EM LUGARES PÚBLICOS: ir ao banheiro é algo privado, portanto, tente utilizar o sanitário com a porta fechada. 
  • DELEGAR A TAREFA UNICAMENTE PARA A ESCOLA: comece a retirada da fralda em casa, de preferência nas férias, sem muito estresse. A escola deve ser só um apoio. 
  • PRESSIONAR A CRIANÇA PARA SER RÁPIDA: o desfralde requer tempo e paciência. Leve livrinhos para tornar o momento prazeroso. 
  • NÃO PROVIDENCIAR ITENS DE APOIO: providencie um penico ou redutor de vaso sanitário. A criança precisa de conforto. 
  • ESPERAR A CRIANÇA PEDIR PARA IR AO BANHEIRO: leve a criança ao banheiro a cada duas horas. 
  • DAR BRONCA SE A CRIANÇA NÃO CONSEGUE SE SEGURAR: nunca diga “você não aprende”. 
  • COLOCAR ROUPAS DIFÍCEIS DE TIRAR: se a criança pede para ir ao banheiro os pais têm de agir rápido.