AnaMaria
Família/Filhos / Maternidade

Dificuldades na amamentação? Veja truques para facilitar o momento

Assim como Lore Improta, milhares de mulheres também enfrentam o problema

Letícia Lopes, com supervisão de Vivian Ortiz Publicado em 13/12/2021, às 09h20

Assim como Lore Improta, outras mulheres também enfrentam o problema - Bethany Beck/Unsplash
Assim como Lore Improta, outras mulheres também enfrentam o problema - Bethany Beck/Unsplash

A dançarina Lore Improta, esposa do cantor Léo Santana, deu à luz sua primeira filha, Liz, em setembro passado. Desde então, ela vem compartilhando, através das redes sociais, o seu puerpério - que são os 45 dias após o nascimento, quando o organismo da mulher volta às condições de antes da gestação - desromantizando o momento e acolhendo mulheres que também passam por essa fase

E um dos tópicos que Lore costuma abordar é a dificuldade na amamentação, problema que também afeta milhares de mulheres, infelizmente. De acordo com a ginecologista e obstetra Carolina Curci, a amamentação nada mais é do que uma rotina, algo com que você vai se adaptando e se acostumando aos poucos. 

Por isso, a parte inicial - e mais importante - é entender como o seu corpo e o do seu bebê funcionam, a fim de tornar o momento mais especial e prazeroso possível.

É TÃO FÁCIL QUANTO PARECE?
A ideia básica de amamentar parece muito simples, afinal, basta colocar o neném nos seios da mãe para ele começar automaticamente a mamar. Na prática, porém, a coisa acaba sendo bem mais complicada. Lore contou em seu Instagram, por exemplo, ter se incomodado bastante com o fato de ficar com os seios machucados ao dar de mamar à Liz - o que também afeta outras mamães.

Para Carolina Curci, um detalhe que faz toda a diferença na preparação para este momento tão especial é o cuidado físico e mental, ressaltando ainda que a melhor precaução para problemas relativos à amamentação é estudar sobre o assunto. “Ou seja: investir em cursos e conversas com outras mães, construindo uma rede de apoio. Isso porque esta é uma fase que precisa de programação”, explica.

CUIDADOS DIÁRIOS
Existem alguns truques simples que prometem contribuir - e muito - no processo de amamentação, garantindo que seja algo prazeroso tanto para a mãe quanto para o bebê. Uma estratégia recomendada por Curci é expor as mamas ao sol por cerca de 10 minutos ao dia. 

“Isso porque o sol ajuda a prevenir as rachaduras e as fissuras dos mamilos, tornando-os mais resistentes. Mas muita atenção: isso só pode ser feito durante o sol das 10h da manhã, já que o calor é mais agradável e menos agressivo”, ressalta a ginecologista. 

Além disso, ela também comenta o benefício de fazer o exercício do ‘shake’, que consiste em dobrar o corpo e agitar as mamas logo antes de amamentar, algo que ajuda bastante a desempedrar o leite e causar o mínimo de dor possível. “Contudo, vale ressaltar que cada mamãe tem o seu próprio ritmo e limitações. Logo, o mais recomendável é sempre manter um acompanhamento bem próximo com o obstetra”, comenta.

PROCEDIMENTOS ESTÉTICOS AFETAM?
Outro tema muito debatido por Lore Improta era se os procedimentos estéticos que fez nos seios poderiam afetar de alguma forma sua amamentação. Se você também tem essa dúvida, pode ficar tranquila que a resposta é não.

Em suas redes sociais, a dançarina contou diversas vezes que tinha muito medo de não conseguir alimentar a herdeira, uma vez que passou por duas cirurgias de redução de mama. A boa notícia é que isso é um mito, esclarece Carolina. “Estimulamos, avaliamos para ver como é que está essa produção, além de ajudar com medicação, caso necessário”, diz.

QUAL É O SEGREDO?
A amamentação é um período realmente bem pessoal, dependendo da experiência de cada mulher. Mas, de acordo com a ginecologista, um simples gesto faz toda a diferença: o jeito de segurar o bebê. Isso porque a forma como ambos estão posicionados é de extrema importância. O neném precisa estar encaixado para cobrir com a boquinha todo o bico do seio e até uma parte da aréola, o que facilita na recepção do leite materno - e evita barulhos. “Se a criança, ao amamentar, estiver fazendo barulhinho, não está correto, não está com a boca do peixinho bem feitinha”, acrescenta.  

MOMENTO DE CONEXÃO
Não é nenhum segredo que o momento da amamentação é um dos que há maior proximidade entre a mamãe e o recém-nascido, tornando tudo ainda mais especial. Por isso, é fundamental nunca esquecer desse detalhe: o amor que transborda. 

“Na hora da amamentação, fique você e o bebê, olho no olho, conexão total, fique tranquila, [coloque] uma música relaxante, preste atenção, vá conversando com o seu bebezinho, vá entendendo como ele se posiciona e qual a posição que vocês mais se deram bem. Isso é importante, é uma rotina”, diz Curci. Por fim, a médica ressalta: “o mais importante é não desistir”.