AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Em sintonia

Consultamos experts em relacionamento e selecionamos as 18 melhores atitudes que você pode colocar em prática para tornar a vida a dois ainda melhor – dentro e fora dos lençóis!

Conteúdo Revista Máxima Publicado em 20/01/2016, às 14h00 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h44

AM - shutterstock
AM - shutterstock
1) Aqueça os motores para o sexo
Nem sempre a vontade de transar vem automaticamente. “Por isso, pensar no assunto é um bom estímulo”, diz a terapeuta de casais Margareth dos Reis, do Instituto H. Ellis, em São Paulo. Reserve dez minutos por dia para lembrar das qualidades sexuais de seu companheiro e fantasiar...

2) Diga quanto o valoriza
Vale um bilhetinho ressaltando uma qualidade, uma mensagem no celular para agradecê-lo por cuidar de você... Essas coisas simples nos fazem sentir especiais e motivam outras atitudes positivas.

3) Acolha as diferenças
“Os gostos individuais são importantes, rendem assunto para conversar e colocar os pontos de vista”, destaca a psicoterapeuta
Lidia Aratangy, de São Paulo. Saber que a pessoa tem outros interesses é importante para afastar aquele pensamento obsessivo de que vocês são “tudo um para o outro”.

4) Conte com apoio de confiança
Estamos falando daquela babá, vizinha ou parente que possa ficar com as crianças quando você e ele precisarem. “Isso permite que tenham momentos de privacidade ou com amigos e façam uma programação adulta de vez em quando”, diz Margareth.

5) Elogie também fora da intimidade
Exaltar as qualidades dele na frente dos amigos ou de parentes vai deixá-lo feliz e orgulhoso. Já as críticas só dizem respeito a vocês. Não o corrija diante dos outros.

6) Cultive o riso
“Ter liberdade e intimidade com o parceiro para dar boas risadas ao lado dele é essencial para viver uma relação mais leve,
prazerosa e próxima”, afirma Nelma Penteado, autora do livro Esposa Amante (Ed. Matrix, R$ 28). Então, procurem fazer disso prioridade.

7) Evite as palavras "nunca"e "sempre"
“Quando você fala em extremos, acaba paralisando a comunicação honesta”, afirma Leman. Portanto, prefira fazer observações pontuais a generalizar e cometer injustiças por causa do exagero – especialmente durante as discussões.

8) Sonhe alto
“A cumplicidade aumenta quando o casal se envolve em um grande projeto, como a compra de um imóvel, a troca do carro, a
mudança de cidade...”, garante Márcia Tolotti, psicanalista e consultora em educação financeira, do Rio Grande do Sul. Por isso,
invistam em tempo, discutindo e planejando o objetivo comum, e estabeleçam etapas para alcançálo. Mais adiante comemorem a
conquista com romantismo...

9) Não enlouqueça se não souber onde ele está
A boa relação é baseada na confiança mútua e não deve ser monitorada a todo instante. Dê ao seu amor algum espaço! Esse negócio de ficar ligando sem parar até ele atender é algo que só prejudica o relacionamento. Além disso, desgasta...

10) Convide-o para dar uma escapadinha
Quem divide o mesmo teto há algum tempo sabe como estar em casa pode minar o tesão. “O cenário fica permanentemente
colorido pelos eventos que ocorrem dentro dele: aspirar, dar mamadeira, pendurar roupas...”, diz o filósofo e escritor suíço Alain
de Botton, em seu livro Como Pensar Mais sobre Sexo (Ed. Objetiva, R$ 22,90). Segundo Alain, a solução é apelar para um quarto de hotel, quando possível. “Longe de casa e das tarefas da residência fica mais fácil redescobrir as identidades sexuais que nos
atraíram em nossos parceiros.”

11) Deixe-o bancar o mestre
Basta se propor a vivenciar uma atividade de que o parceiro gosta e na qual se sai muito bem. Vale jogo de boliche, experiência
culinária... “É uma oportunidade bacana de conhecer mais do mundo do seu amado e deixar-se envolver por ele. Além disso, ao reconhecer como ele é bom naquilo, você o valoriza”, comenta Margareth.

12) Não espere que ele leia a sua mente
Fazer cara feia e querer que ele entenda o que você deseja não funciona. Se quer que o seu marido aja de algum jeito ou faça alguma coisa, simplesmente diga a ele com todas as letras.

13) Faça pequenos acordos sobre dinheiro
Para evitar discussões desnecessárias, o conselheiro afetivo Gary Chapman sugere em seu livro O Que Não Me Contaram sobre Casamento, Mas Que Você Precisa Saber (Ed. Mundo Cristão, R$ 24,90) que os casais combinem que ninguém fará uma compra
importante, de preço elevado, sem antes consultar o parceiro.

14) Surpreenda com uma cantada ousada
Ok, ele já sabe que você o admira como pai e marido cuidadoso. Mas fará um bem danado ao seu companheiro ouvir que você ainda o deseja como amante. Por isso, apimente os elogios uma vez ou outra: enalteça o corpo dele, comente como uma roupa destaca a beleza dele, fale como ele fica sexy quando usa terno ou como pensou nele durante o banho...

15) Celebre a admiração
“Pelo menos uma vez por mês façam uma programação legal, como um jantar. Durante o encontro, cada um deve ressaltar algo de bom que o outro possui e a forma como isso afeta positivamente a vida a dois”, recomenda Rebeca. Pode parecer bobagem, mas o hábito educará o cérebro a evidenciar as características admiráveis do parceiro e não apenas os defeitos.

16) Cuide da saúde, sempre!
Quem se alimenta de forma equilibrada, pratica atividade física regularmente e mantém os check-ups médicos em dia ganha mais do que qualidade de vida: fica mais seguro de si, o que reflete positivamente na cama e fora dela. “Ter a autoestima bem estruturada e gostar de estar na própria pele é fundamental para estabelecer uma boa relação com o outro”, garante Nelma.

17) Mantenha alguma privacidade
Mesmo que você e seu parceiro sejam bastante ligados, devem reservar alguns momentos a sós. Você pode curtir uma happy hour
com as amigas enquanto ele vai ao futebol, pôr em prática o seu ritual de beleza no momento de leitura dele... "A conquista desse espaço faz da relação uma parceria leve e prazerosa", pondera Margareth.

18) Aproveite o "momento travesseiro"
Sabe aqueles minutinhos que vocês passam conversando na cama, antes de dizerem boa noite? São ideais para fortalecer a intimidade! Especialistas apontam que antes do sono abandonamos a postura defensiva e somos mais emocionais. Aproveitem para ficar abraçadinhos, conversar (sobre coisas brandas) e dar boas risadas. Apenas curtam a companhia um do outro.