familiafilhos   / Animal de Estimação

Filhotes: saiba como amenizar as mordidas na mão durante o crescimento do pet

Morder é uma necessidade do filhote, então, precisamos fornecer objetiso corretos para tal

Da Redação Publicado quarta 18 novembro, 2020

Morder é uma necessidade do filhote, então, precisamos fornecer objetiso corretos para tal
Saiba que isso pode significar que ele está tentando brincar com voc - Chiemsee2016/Pixabay

A maioria das pessoas que têm um filhote passa apertos com relação às mordidas na mão. A mania dificulta até fazer carinho no pet. Saiba que isso pode significar que ele está tentando brincar com você! Imagina só: quando ele estava com a ninhada era assim que eles interagiam. 

Cães não possuem a habilidade de brincar com as mãos, portanto, usar a boca é a melhor alternativa para eles. Além disso, levar coisas à boca faz parte do desenvolvimento sensorial do cãozinho. 

É assim que ele conhece as coisas que estão ao redor. Outros fatores também podem influenciar na persistência desse comportamento, como o nascimento de dentes e o ócio, por exemplo. Quando os dentes estão nascendo, as gengivas ficam sensíveis e isso pode gerar dor e incômodo. Para aliviar, o filhote realiza a mordedura. 

Tem mais um ponto valioso para o pet: nossa reação. Às vezes, reforçamos o comportamento com atitudes erradas e tudo o que o cãozinho quer é justamente essa interação com ele. Morder é uma necessidade do filhote, então, precisamos fornecer objetos corretos para tal. 

Experimente variar os brinquedos e fazer um rodízio entre eles. Assim, o cãozinho entende que a mordida deva ser apenas direcionada aos brinquedos. Brinque com ele e, caso a mordida seja novamente direcionada para sua mão, pare de interagir na hora e dê um tempo. 

Depois de algumas repetições, ele vai entender que as mordidas afastam você dele. Promover mais atividade também é fundamenta! Você pode fazer isso com passeios. Por ultimo, evite estimular as mordidas brincando com as mãos, provocando para que o cão fique rosnando e tentando morder pode contribuir muito para a aprendizagem de um comportamento errado. 

Pior: aumentar a chance de adquirir um comportamento agressivo no futuro. Se você tiver dificuldade, o adestramento pode ajudar! Procure por profissionais que priorizam o reforço positivo e contribuem para a melhora na comunicação entre você e seu cão. 

MARCELA BARBIERI BORO, zootecnista, médica veterinária, adestradora. 
 

Último acesso: 21 Oct 2020 - 00:33:39 (1125539).