AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Mensagens do Papa Francisco: Encontro com Deus é como o primeiro amor: inesquecível!

Quando conhecemos Jesus, sentimos a necessidade de mudar nossas vidas verdadeiramente...

Redação Publicado em 17/09/2015, às 14h30 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h44

Encontro com Deus é como o primeiro amor: inesquecível! - Roberto Stuckert
Encontro com Deus é como o primeiro amor: inesquecível! - Roberto Stuckert
“Vejamos o exemplo também de Paulo de Tarso. Ele foi um perseguidor implacável dos cristãos em Jerusalém. Mas bastou ter uma visão de Jesus, envolvido por uma luz intensa, que ficou cego. Recuperou a visão três dias depois, quando Ananias o batizou. Paulo foi escolhido por Deus para mudar a vida de muitos outros. Quando chegou a Damasco, já era um Apóstolo emblemático.”



“Cristo vê ‘o relacionamento conosco’ como uma predileção, uma relação de amor ‘face a face’. Por isso, é importante rezar e pedir a graça da memória. Você pode repetir: Senhor, quando tivemos o primeiro encontro? Quando foi o primeiro amor? Ou perguntar-se sinceramente: quando o Senhor me disse algo que mudou a minha vida ou me convidou a dar um passo à frente, sem receios?”



“O primeiro encontro com Jesus tem a capacidade de mudar a vida das pessoas. Ele nunca se esquece de nós, nós é que esquecemos o encontro com Ele. Seria um bom dever de casa pensar nisso: quando senti realmente a necessidade de ter o Senhor perto de mim? Quando notei que tinha que mudar de vida, ser melhor ou perdoar uma pessoa? Quando ouvi o Senhor me pedir alguma coisa? Quando encontrei o Senhor? O fundamento da nossa fé é ter em mente e no coração esse encontro com Deus”.



“Esta é uma bela oração e recomendo que a façam todos os dias. E quando lembrar, alegre-se, é uma recordação de amor. Outra sugestão bonita seria ler as estórias do Evangelho e ver como Jesus se encontrava com as pessoas, como escolheu os Apóstolos...” 



“Deus jamais se esquece do dia em que nos encontrou pela primeira vez e quando ficou, frente e frente, com cada um de nós, falando diretamente ao nosso coração. Peçamos a Jesus também ‘a graça da memória’ para jamais esquecermos esse encontro e a emoção desse primeiro grande amor”.




O conteúdo desta página é extraído da missa que o Santo Padre celebra toda manhã na Casa Santa Marta, nas dependências do Estado do Vaticano.