AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Papa Francisco: Viva em esperança mesmo em meio às dificuldades

Não devemos deixar que a corrupção e as dificuldades do mundo nos deixem deprimidos

Redação Publicado em 14/09/2015, às 16h00 - Atualizado em 07/08/2019, às 17h44

Mensagens do Papa Francisco - Roberto Stuckert filho/Fotos públicas
Mensagens do Papa Francisco - Roberto Stuckert filho/Fotos públicas
"Os cristãos não cedem à depressão mesmo em tempos de corrupção e dificuldade. Eles enxergam além do mal e vivem em esperança, conscientes de que o Senhor os espera. Não nos deixemos assustar por uma realidade de guerras e sofrimentos. Quando a aparência deste mundo se dissipar, haverá outro. Ele será transformado.”



"A outra cidade é Jerusalém, que caiu por distração. Era como uma esposa do Senhor, que a amava muito, mas não se dava conta de Suas visitas e O levava a chorar. Não sentia a necessidade de salvação e fechava as portas, acreditando que os escritos de profetas, como Moisés, já lhe eram suficientes. Jerusalém não se dispunha a ouvi-Lo…”



"Pensemos sobre a queda de duas cidades que se afastaram do Senhor. Uma delas é Babilônia, símbolo do mal e do pecado, que caiu por causa da corrupção. Estava embriagada pelo poder que o pecado dá e sentia-se dona do mundo e de si. Quando o pecado se acumulou, Babilônia perdeu a capacidade de reagir e começou a apodrecer.”



"Os exemplos de Babilônia e Jerusalém nos levam a pensar sobre nossas próprias vidas, porque um dia também ouviremos o som das trombetas. Quando essa hora chegar, seremos corruptos e autossuficientes como Babilônia ou distraídos e fechados como Jerusalém? Nenhuma dessas cidades, tal como se apresentavam, eram dignas Dele.”



"A mensagem aqui não é de destruição. Assim que Babilônia cai, ouve-se o grito da vitória. Levantemos a cabeça e não nos deixemos deprimir pelos pagãos. A realidade pode ser feia, com muitos povos que sofrem, mas ao fim seremos purificados. Devemos cuidar de nossa conduta e suportar a feiúra do mundo com paciência e fé, como fez Jesus.”



"Quando o Senhor fala de corrupção, não se refere só à econômica ou política, mas àquela de quem se deixa levar pelo espírito do mundo. A corrupção dá um pouco de felicidade e poder, nos satisfaz, mas não deixa espaço para Deus e o amor ao próximo. 
Ela nos faz achar que estamos no Paraíso, mas, por dentro, a cultura está podre.”




Mensagem do Papa Francisco: o conteúdo é extraído da missa que o Santo Padre celebra toda manhã na Casa Santa Marta, nas dependências do Estado do Vaticano.