AnaMaria
Família/Filhos / Emocionante

Rapaz viraliza no TikTok ao adotar sobrinho após ambos perderem as mães

A mãe de Davi sofreu um AVC e, dois dias depois, morreu a mãe de seu tio, Rafael

Da Redação Publicado em 21/09/2021, às 10h52 - Atualizado em 27/09/2021, às 17h29

Aos 8 anos, menino teve medo de ficar sozinho no mundo - Instagram e TikTok/@aguiar_fael
Aos 8 anos, menino teve medo de ficar sozinho no mundo - Instagram e TikTok/@aguiar_fael

Um vídeo emocionante publicado por Rafael Aguiar, de 32 anos, atingiu a marca de 2,7 milhões de visualizações no TikTok. O motivo do sucesso foi a linda história de adoção de seu sobrinho, Davi Luiz Aguiar, de 8 anos, após a morte da mãe do menino. Nas cenas, em que o rapaz anuncia que assumirá a guarda da criança, ele confessa que chegou a acreditar que ficaria desamparado. 

“Eu pensei que eu ia ser expulso e mandado para outra família, eu fiquei assustado”, afirma Davi ao ler o decreto de adoção, que foi autorizada pela justiça em agosto do ano passado. Rafael abraça o sobrinho com força e comemora: “Agora você é meu de verdade”. 

@aguiar_fael

contando pra ele que o pedido de guarda foi aceito ##fy##foryou##amor##filho##guarda##adocao

♬ A Thousand Years - Carlton Forrester

Em entrevista à revista Pais & Filhos, Rafael explicou que, por compartilharem o mesmo quintal em suas casas, os dois sempre foram muito próximos. “Participei de tudo, desde o nascimento e durante todo o crescimento. Sempre fui muito grudado, gosto muito de criança. Eu acho que ele passava mais tempo comigo e minha mãe do que com a mãe dele”, disse. 

PERDAS FAMILIARES

Foi então que, na véspera de Natal em 2019, Keylla Aguiar (mãe de Davi e irmã de criação de Rafael) sofreu um AVC em frente ao filho. “Ao chegar lá [em casa], ela já estava caída no chão, e o Davi viu tudo”, contou o rapaz. Segundo ele, a criança não entendeu o que estava acontecendo e concluiu que a mãe estava brava com ele. 

Apesar de ter resistido, Keylla, que enfrentava complicações da obesidade, sofreu outro AVC uma semana mais tarde e faleceu em 31 de dezembro. Dois dias depois, a família ainda sofreu mais uma perda: Ivone de Aguiar (mãe de Rafael e avó de Davi) estava internada para o tratamento de problemas renais e também não resistiu. 

“Com certeza a coisa mais difícil da minha vida foi contar para o Davi que a mãe e a avó dele morreram (...) Eu sentei com ele e disse ‘Você lembra que a mamãe estava no hospital? Mas infelizmente tem vezes que os médicos não conseguem sarar as pessoas'”, desabafou. 

O rapaz contou que Davi chorou muito e começou a se preocupar com onde iria morar, quem cuidaria dele, quem o alimentaria… Nesse momento, Rafael prometeu:  “Você vai ficar comigo, entendeu? Comigo, eu vou cuidar de você”. 

@aguiar_fael

Reply to @mariiheller Atendendo a muitos pedidos esse é o primeiro vídeo conta do um pouco da nossa história! ##fy##foryoupage##foryou##historias

♬ original sound - Rafael Aguiar Gomes

PATERNIDADE

Após a morte de Keylla, a família do pai de Davi se ofereceu para assumir a guarda do menino. Entretanto, como o homem nunca esteve presente na vida do filho, Rafael não viu sentido em tirar o sobrinho do ambiente em que já estava acostumado.

Em 23 de abril de 2020, o rapaz contou com a ajuda de uma amigo advogado para dar entrada na adoção do sobrinho. A resposta veio em pouco menos de um mês, como mostram as cenas de sucesso no TikTok. 

Quanto ao futuro, Rafael garantiu que irá continuar mostrando a rotina da nova família nas redes sociais. “Eu quero ser feliz com o Davi”, resumiu sobre suas expectativas.