AnaMaria

Vida longa! 5 brasileiros que alcançaram os 100 anos de idade

Supercentenários, como são chamados os que tem mais de 100 anos, fazem sucesso

Da Redação Publicado em 08/02/2022, às 19h30

Confira 5 supercentenários que roubaram a cena nas redes sociais - Arquivo Pessoal
Confira 5 supercentenários que roubaram a cena nas redes sociais - Arquivo Pessoal

Comemorar mais um aniversário é sempre motivo de alegria, ainda mais quando as celebrações já ultrapassam os 100 anos de idade! Por isso, AnaMaria Digital separou 5 supercentenários, pessoas com mais de 110 anos, que fazem sucesso nas redes sociais.

*Os dados são baseados nos estudos do Gerontology Research Group (GRP) e do European Supercentenarian Organisation (ESO), grupos especializados em estudar supercentenários, ou seja, pessoas que possuem mais de 110 anos.

ANDRELINO VIEIRA DA SILVA

O aposentado Andrelino Vieira da Silva comemorou o aniversário de 121 anos de idade com um bolo temático do INSS, em Aparecida de Goiânia (GO), no último dia 3, e acabou viralizando.

Idoso com 121 anos
Andrelino Vieira da Silva. Foto/Arquivo Pessoal

FRANCISCA CELSA DOS SANTOS

Uma das mulheres mais velhas da América Latina, Dona Francisca nasceu em Cascavel, no Ceará, em 1904. Com 116 anos, ela faleceu no dia 5 de outubro de 2021, em Fortaleza (CE).

Francisca Celsa dos Santos
Francisca Celsa dos Santos. Foto/Arquivo Pessoal


DELIO VENTUROTTI

Nascido na Itália, mas naturalizado no Brasil, Seu Délio tem 112 anos de idade e segue firme e forte morando em Florianópolis, na região Sul do Brasil, ao lado de sua esposa, Dona Dulcina Venturotti.

Délio Venturotti
Délio e Dulcina Venturotti. Foto/Arquivo Pessoal


ANTÔNIA SANTA CRUZ

Dona Antônia foi considerada a mulher mais velha do Brasil e a terceira mais velha do mundo, após a morte de Dona Francisca dos Santos. Natural de Queimadas, na Bahia, ela faleceu em 23 de janeiro de 2022, com 116 anos e 223 dias.

Antônia Santa Cruz
Antônia Santa Cruz. Foto/Arquivo Pessoal

LUZIA MOHRS

Assim como Seu Delio, a Dona Luzia não nasceu no Brasil, mas foi criada em terras brasileiras. Nascida na Alemanha, em 1904, a Irmã Maria Electis, como era conhecida, faleceu em outubro de 2017 no Rio Grande do Sul.

Luiza Mohrs
Luzia Mohrs. Foto/Arquivo Pessoal