AnaMaria
Família/Filhos / Pequenos

Você sabia que o andador pode prejudicar o desenvolvimento do bebê?

Pediatra alerta sobre os riscos do andador no desenvolvimento do bebê

Da Redação Publicado em 15/03/2020, às 14h30

O objeto é contraindicado pela Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) - Banco de Imagem/Getty Images
O objeto é contraindicado pela Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) - Banco de Imagem/Getty Images

“Meu bebê está dando os primeiros passos. Quero comprar um andador, mas não sei se é prejudicial...”   R. C., por e-mail. 

O momento em que nossos filhos começam a dar os primeiros passos é um dos mais esperados por toda a família. A ansiedade é grande e, por isso, muitos pais optam por utilizar os famosos andadores, com a esperança de que eles deem aquele “empurrãozinho” no momento tão aguardado. 

No entanto, já faz alguns anos que descobrimos que o andador, na verdade, só traz desvantagens para o desenvolvimento das crianças e, portanto, ele é contraindicado pela Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP). 

O andador possui várias rodinhas em sua base, que são impulsionadas apenas pelo toque dos pezinhos do bebê no chão, e de forma incorreta. Então, em vez de aprender a andar, os andadores atrapalham e acabam confundindo a criança. 

Mas, então, como fazer para ajudar o seu filho a andar mais rápido? Geralmente, o bebê começa a dar os primeiros passos a partir dos 9 meses e já consegue andar por volta dos 15 meses, porém, para acelerar esse processo, os pais podem utilizar algumas estratégias como deixar o bebê andar descalço, caminhar com o bebê segurando-o pelas mãos, chamar pela criança alguns metros dele para o incentivar a andar. 

Durante todo o processo, é importante os pais transmitirem calma e segurança ao filho e deixá-lo explorar o espaço para ele se sentir seguro e confiante e, assim, conseguir andar. 

Portanto, hoje já é sabido que existem várias outras formas mais saudáveis para ajudar no desenvolvimento dos bebês e fazer com que eles possam dar os primeiros passos com muita segurança. Vale a pena tirar proveito delas.

PAULA CRUZ BORELLI BARROS Especialização em pediatria no Hospital Infantil Menino Jesus e reumatopediatra pelo Instituto da Criança – HCFMUSP. @pediatra_paula_borelli_barros