‘A Fazenda 13’: Descubra o motivo da briga entre Nego do Borel e Mc Gui fora do reality

Os cantores estão há anos sem trocar uma palavra

Da Redação Publicado terça 21 setembro, 2021

Os cantores estão há anos sem trocar uma palavra
Mc Gui e Nego do Borel - Instagram

Nego do Borel e Mc Gui vêm se estranhando dentro do reality rural desde que entraram no programa, que teve início na última terça-feira (14). Além dos desentendimentos do próprio confinamento, os artistas carregam uma desavença de muito tempo.

A briga começou em 2019, quando Gui foi detonado na internet após brincar com a aparência de uma criança nos parques da Disney, nos Estados Unidos. Na ocasião, o cantor chegou a se afastar das redes sociais, pelo excesso de críticas. 

De acordo com o colunista Leo Dias, do portal ‘Metrópole’, foi na mesma época em que o cantor e Nego do Borel estavam planejando uma música juntos. Após a polêmica de Gui, Nego cancelou o lançamento da canção, não quis escutar o colega e nunca mais se falaram, nem por mensagem. 

Atualmente, anos depois, o funkeiro também foi cancelado, após ser acusado de agressão e abuso sexual por sua ex-namorada, Duda Reis (20). 

POLÊMICO
Duda Reis fez novas críticas à Record TV e ao reality show 'A Fazenda' na noite da última segunda-feira (20). A modelo detonou a emissora por dar visibilidade a pessoas como o ex-noivo, Nego do Borel, a quem acusa de agressão e abuso sexual. Sem citar especificamente o nome do cantor, ela fez um longo desabafo em seu Twitter.

"Tem gente que não sustenta o personagem nem com 10 minutos de confronto ou conversa. O pior é quem compra a pose de 'pobre coitado', 'excluído', 'injustiçado', 'bom moço'… me poupe! Impressionante como querem enfiar goela abaixo uma imagem de 'vítima' pro agressor. Machismo puro!", começou Duda.

Depois, disse ainda ser revoltante ver um cara que bate em mulher sendo enaltecido. "Se em câmeras você já vê que o comportamento é agressivo, imaginem em casa e convivendo de fato. Gente, mulheres MORREM todos os dias por causa desse silenciamento. Essa emissora silencia a mulher, não é normal!!!", ressaltou.

Na sequência, disse ter o direito, assim como qualquer vítima de violência doméstica, de ficar apavorada com as pessoas que querem reverter a imagem de um agressor. "Como colocam um homem com TRÊS denúncias de TRÊS mulheres rolando na justiça, na televisão?", questionou a loira.

Duda também comentou sobre as mensagens que recebe nas redes sociais e confessou que não tem conseguido entrar em seu Instagram. 

"As pessoas misturam as pautas. Ninguém tá 'chutando cachorro morto', aquilo é um agressor! Agredir mulheres é CRIME!!! O NORMAL é você NÃO compactuar e não fingir que nada aconteceu. Aconteceu sim! Com mais de TRÊS mulheres. Vocês não têm noção dos directs e das mensagens que eu tenho recebido, de MULHERES e de homens falando atrocidades. Eu não suporto mais ler, não tenho conseguido entrar no Instagram".

"A mulher denuncia, fica FOD*** psicologicamente, passa por VÁRIAS perícias, extremamente revitimizada, enquanto o agressor vai pra reality mostrar que é 'uma perda de tempo a mulher denunciar'? Por**! Me poupe Record, eu falo MESMO!!! Não tenho UM pingo de medo peitar o que vier. Brado até a morte se for preciso, NÃO quero acabar com a vida de ninguém. Eu quero justiça, o cara ACABA com a vida de VÁRIAS mulheres e vocês querem defender? P*** que pariu!", 

 

"VÃO PROVAR A INOCÊNCIA"
A defesa de Nego do Borel compartilhou um comunicado para rebater as declarações de Duda Reis, ex-namorada do cantor, que afirmou que ele foi indiciado por violência doméstica, na manhã deste sábado (18). Os advogados do artista desmentiram a jovem e disseram que Nego responderá “por lesão corporal devido a perturbações psíquicas”. 

“A equipe jurídica do cantor Nego do Borel vem esclarecer, diante dos recentes fatos que estão sendo postados sobre o indiciamento do cantor, que ele foi indiciado por lesão corporal devido a perturbações psíquicas, segundo a autoridade policial, e não por agressão física, como a primeira vista parece”, afirmaram. 

Quando terminou o relacionamento, Duda acusou Nego de estupro, de agressões físicas, de ter um fuzil em casa, de guardar alta quantia em dinheiro, de ter lhe passado HPV, e de ter lhe ameaçado. No entanto, de acordo com a equipe de defesa do funkeiro, "a Delegada não encontrou provas que justificassem o indiciamento do Leno [Nego do Borel] por nenhum outro crime."

Para concluir, os advogados garantiram que "é só questão de tempo para o Leno também provar sua inocência, pois carece de comprovação fática a qual não se sustentará no processo penal, onde estarão presentes os princípios da ampla defesa e do contraditório."

Vale lembrar que Duda e Nego terminaram o noivado em dezembro passado, após quase três anos de relacionamento. 

 

 

 

Último acesso: 26 Oct 2021 - 17:05:35 (1150238).