AnaMaria
Famosos / Eita!

Alice Braga critica nova exigência para testes de elenco: “Absurdo”

Alice Braga criticou a nova medida durante entrevista

Da Redação Publicado em 27/12/2021, às 14h24

Alice Braga critica nova exigência para testes de elenco - Instagram/@alicebraga
Alice Braga critica nova exigência para testes de elenco - Instagram/@alicebraga

A atriz Alice Braga, que já é um grande nome no Brasil e representa o país pelo mundo, revelou seu ponto de vista sobre os novos tipos de testes para selecionar atores em projetos de audiovisual.

“Começaram a pedir número de seguidores em teste de elenco. Isso é um absurdo, não deveria ser medida para nada. Como vamos empregar atores incríveis que são desconhecidos?“ disparou Alice, durante entrevista ao ‘Trip FM’. A atriz também não era famosa no começo da carreira e passou a ganhar destaque quando interpretou ‘Angélica’, no filme ‘Cidade de Deus’.

“Eu sempre fui mais reservada. Era tímida, mas tinha um lado que era ativado para poder me comunicar com as pessoas. Ao passo em que fui ganhando mais reconhecimento, de uma forma natural, comecei a querer proteger meus personagens, porque quanto mais a gente sabe da vida do ator, do que ele faz, menos você compra aquela pessoa. Existe, sim, essa demanda da mídia social“, contou.

Atualmente a atriz está no hall de Hollywood, onde poucos brasileiros chegaram. Ao longo de 2021, Alice esteve em “Os Novos Mutantes” e “Esquadrão Suicida”, e estrelou a última temporada da série “Rainha do Sul”.

“Quando adolescente, cresci querendo fazer Globo, mas tive algumas oportunidades mágicas no cinema. Foi um caminho que as coisas tomaram que devo muito aos meus pais, que me mantiveram no colégio e fizeram questão que eu vivesse as fases da vida”, ressaltou.

PREOCUPADA COM FUTURO

Alice aproveitou para comentar sobre as saídas de muitos artistas da TV Globo. “Você vê que pessoas estão saindo de contratos com a Globo para ficarem mais livres. Essa pluralidade de meios de publicação é muito importante para dar força para a nossa indústria, principalmente nesse momento em que o governo ataca a cultura“, pontuou.

Por fim, a atriz contou que admira o Brasil, mas acredita que o governo atual deixará consequências por um longo tempo.“Em 2022, a gente não só precisa mudar quem está na presidência, mas precisamos avaliar quem está em nosso Congresso. Meu desejo é que a gente use esse tempo duro para gerar uma transformação potente na desigualdade social e que a gente proteja nossas florestas“, completou.