AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Ana Maria Braga elogia reação de Giovanna Ewbank contra racismo: “Assim que tem que ser”

Ana Maria Braga dedicou tempo do ‘Mais Você’ para falar sobre o combate ao racismo

Da Redação Publicado em 01/08/2022, às 12h22

Giovanna Ewbank armou confusão ao ver os filhos serem atacados por mulher branca em Portugal - TV Globo
Giovanna Ewbank armou confusão ao ver os filhos serem atacados por mulher branca em Portugal - TV Globo

Ana Maria Braga não poupou elogios à Giovanna Ewbank ao comentar o episódio de racismo sofrido pelos filhos da apresentadora com Bruno Gagliasso, Titi e Bless. O assunto veio à tona durante o programa ‘Mais Você’ desta segunda-feira (1º) com direito a mais informações e explicações sobre o caso.

"Eu quero prestar minha solidariedade ao casal. Vocês estão acompanhando o caso de racismo em Portugal. Uma mulher branca xingou os filhos deles, Titi e Bless, em uma praia badalada. As crianças têm nove e sete anos. A agressora também ofendeu turistas angolanos", começou Ana Maria.

Ela continuou: "Só assim que essa situação absurda pode ser combatida. Eu fico tão atrapalhada com esse tipo de comportamento, que é tão comum. O que a Giovanna falou, falou certo: se fosse uma mãe preta, ela poderia ser tachada de louca".

Foi então que a apresentadora direcionou elogios à mãe de Titi e Bless. "Parabéns, Giovanna, pela sua reação. Você pôs a boca no trombone, a boca no mundo pelos seus filhos e por todas as pessoas pretas que sofrem discriminação. E é assim que tem que ser", exaltou.

Ana Maria reforçou que a responsável pelo crime foi presa, porém deixou a cadeia rapidamente. “Infelizmente, em Portugal, o racismo é um delito mais leve, punido somente com multa. Mas aqui no Brasil é crime", alertou.

"Para simplificar, racismo é quando você impede uma pessoa, de qualquer outra cor, de entrar em um bar. O crime de racismo é inafiançável, e a pena pode chegar a cinco anos", explicou a comandante do ‘Mais Você’.

Ela citou exemplos: "Injúria racial é quando você chama uma pessoa preta de 'macaco', como tem acontecido em vários jogos de futebol, e depende da denúncia do ofendido. Pode ser denunciado nas delegacias e prevê pena de um a três anos e pagamento de indenização".

Para concluir, Braga deixou suas críticas e um alerta: "Que planeta é esse onde a gente se depara com pessoas que ainda agem assim? Sempre que você testemunhar um ato desse, grave. O racismo só será vencido se for punido de verdade".