AnaMaria
Famosos / Dia da Consciência Negra

Ana Maria Braga fala em 'consciência humana' no Dia da Consciência Negra e gera polêmica

Apresentadora contradisse a realidade brasileira em seu programa

Da Redação Publicado em 20/11/2020, às 11h38 - Atualizado em 09/12/2020, às 10h10

Ana Maria Braga fala sobre consciência humana e gera polêmica - Instagram/@anamaria16
Ana Maria Braga fala sobre consciência humana e gera polêmica - Instagram/@anamaria16

Ana Maria Braga causou polêmica ao finalizar o 'Mais Você', desta sexta-feira (20), dia em que se comemora o 'Dia da Consciência Negra'.

A data, em que propõe a reflexão sobre as condições históricas e atuais do povo negro da sociedade, contou com o discurso de 'consciência humana', de Ana.

"A gente não precisa de um dia da consciência negra, branca, parda, amarela, albina. A gente precisa de 365 dias de consciência humana", disse ela, atribuindo a frase a Thiago Saraiva.

Ela ainda endossou a afirmação, dizendo que "assina embaixo com todo o coração".

CONTRADIÇÃO

A frase dita pela apresentadora gera o sentido de igualdade racial no Brasil, fruto do mito da democracia racial, defendido pelo autor Gilberto Freyre.

No entanto, de acordo com dados do Pnad, pretos e pardos têm maiores dificuldades de acesso à moradia: 7 em casa 10 que moram em casas com inadequação são pretos e pardos.

A data existe para instigar a reflexão e exigir mudanças nas questões de desigualdade de acesso à educação e de oportunidades no mercado de trabalho.