AnaMaria
Famosos / OPS!

André Marques comete erro em simpatia para ter um ano com boas energias: ''Dá azar se quebrar?'

O apresentador se desesperou ao quebrar bonequinho que traria boa sorte ao seu ano novo

Da Redação Publicado em 02/01/2021, às 17h15 - Atualizado às 17h19

André Marques comete um acidente ao vivo ao usar talismã japonês para boas energias - globoplay
André Marques comete um acidente ao vivo ao usar talismã japonês para boas energias - globoplay

O primeiro programa 'É de Casa' de 2021, transmitido neste sábado (02), na TV Globo, levou os telespectadores às gargalhadas.

Tudo começou quando o apresentador André Marques ganhou um bonequinho da cultura Japonesa. Trata-se de um talismã conhecido como Daruma que é usado no Japão, para despertar boas energias e realizar desejos. Segundo a tradição, deve-se pintar um olhinho do boneco para, mais tarde, pintar o segundo.

Acontece que André, sem querer, acabou quebrando o seu presente. Nervoso, ele perguntou para a repórter Ju Massaola se o acidente poderia acarretar alguma consequência para ele: "Eu peguei o meu pra pintar e olha aqui. Dá azar se quebrar? Dá problema?"

Massaola passou a pergunta para o diretor do Instituto Cultural Brasil-Japão, Davi Leal, que respondeu com orientações:  "Depois que você tiver o seu pedido atendido, a tradição japonesa pede pra queimar o Daruma, mas não queime em qualquer lugar, geralmente em um templo xintoísta."

Ao ouvir a gargalhada dos colegas, Manoel Soares e Talitha Morete, o apresentador respondeu "Ah, tem um aqui pertinho", e riu.

Manoel e Talitha recomendaram que André pegar outro Daruma, mas ele não quis e afirmou que ficou nervoso. "Eu tenho que trabalhar a energia desse aqui. (...) Tenho o maior respeito por essas culturas.

TRISTE PERDA

André foi o primeiro a chegar na casa de Tom após ele não atender as ligações. "Um amigo me ligou perguntando se eu estava com o Tom, porque ele precisava ir para São Paulo e eu também estava indo. Estava indo para o aeroporto e voltei, fui pra casa dele porque não estava atendendo. Eu fui o primeiro a chegar lá", contou ele ao G1.

O ator ainda deu detalhes sobre a amizade dos dois e enalteceu a carreira do amigo.

"É muito difícil para mim falar do Tom porque é um dos meus melhores amigos. Acabei de chegar da casa dele. A gente estava todo dia junto, todo dia ele estava em casa, no meu restaurante, eu fazia comida para ele. O personagem era de sucesso, mas ele fazia mais sucesso ainda. Eu apresentava ele para todo mundo, falava que fazia o Louro José. Tom era um cara querido", disse.