AnaMaria
Famosos / DESABAFO

André Marques esclarece dúvidas sobre sua cirurgia bariátrica: ‘‘É uma luta diária’’

O apresentador também detalhou os cuidados com a alimentação e deu dicas para quem quer fazer a operação

Da Redação Publicado em 24/02/2021, às 11h09 - Atualizado às 11h11

André revelou ter perdido mais de 70 kg após a operação - Instagram/@euandremarques
André revelou ter perdido mais de 70 kg após a operação - Instagram/@euandremarques

André Marques não esconde de ninguém que passou por uma cirurgia bariátrica, em meados de 2013, devido à sua obesidade. Em bate-papo com os seguidores do Instagram, na última terça-feira (23), o apresentador esclareceu algumas dúvidas sobre seu estilo de vida e período pós-operatório - o qual considera uma “luta para sempre”. 

Primeiro, um internauta quis saber sobre o que mudou no dia a dia de André depois da cirurgia. “É uma luta diária. Entra no automático, domina o que pode comer. Às vezes você acaba exagerando, na quarentena engordei um pouquinho. Mas emagrece um pouquinho. Acho que a luta é para sempre, não é cura. Tem que se cuidar sempre", respondeu.

O apresentador também comentou sobre os cuidados que segue com a alimentação atualmente: "Eu como de tudo, mas em menor quantidade, obviamente. Fico sempre me pesando, se subiu um pouquinho, dou uma segurada na onda". 

Mais tarde, detalhou os alimentos que não fazem parte da sua dieta, já que podem provocar desconfortos depois da operação. “Macarrão, dependendo da farinha, se for mais ou menos, me cai mal. Quando a farinha tem mais qualidade ou é zero-zero, com a massa mais leve, dá para comer. Mas macarrão com massa ruim ou, às vezes, arroz também me cai bem mal", disse. 

Quando um fã afirmou se espelhar na mudança física de André, ele se mostrou feliz em servir de inspiração para outras pessoas, mas ponderou: "Nunca fiz apologia à cirurgia, porque às vezes é bom para um e não para o outro". 

Por fim, André Marques aconselhou um seguidor que revelou ter vontade de fazer a cirurgia bariátrica, mas sente medo. "Eu também fugi e desisti algumas vezes. Mas nunca é tarde para começar e nem para recomeçar. Se está no fundo do poço, o fundo do poço tem mola. Só depende de você. Muita gente vai colocar pilha, muita gente vai ser contra, mas vai ser uma decisão sua", concluiu.