AnaMaria
Famosos / Arrependimento

Andressa Urach diz se arrepender de ter doado carros de luxo à Igreja Universal

Atualmente, a modelo é dona de um carro popular e mais barato que os automóveis que deu ao templo religioso

Da redação Publicado em 05/01/2022, às 14h42

Andressa Urach rompeu com a Igreja Universal em 2020 - Instagram/@andressaurachoficial
Andressa Urach rompeu com a Igreja Universal em 2020 - Instagram/@andressaurachoficial

Andressa Urach usou os stories do Instagram para falar do arrependimento que carrega por ter doado carros de luxo à Igreja Universal. Na última terça-feira (4), a modelo revelou que, inclusive, é dona de um automóvel popular e bem mais barato que os veículos que deu ao templo religioso. 

"Meu carro é um Renault Kwid mecânico. Vocês sabem que eu doei todos os meus carros para a igreja. Porsche Cayenne blindado, Land Rover, Hyundai i30 blindado, Renault Fluence. Enfim, foram todos os meus carros", contou. O Porshe citado por Urach custa mais de R$ 549 mil. 

"Me arrependo porque hoje os pastores e bispos estão andando de Porsche Cayenne blindado, e eu de Kwid", desabafou. O modelo atual de Andressa custa em média R$ 48 mil. "Hoje, mesmo que eu tivesse condições, eu não compraria um carro tão caro. Acho muito perigoso, a violência está muito grande", disse.

A segurança, no entanto, não é o único fator para a modelo continuar com o carro popular. Ela afirmou que tem menos gastos com ele. "Então eu gosto", garantiu

CONFLITOS COM A IGREJA

Vale lembrar que Urach rompeu com a Igreja Universal em novembro de 2020. Na época, ela alegou que o templo levou todos os seus bens. "Foi mais de R$ 1,5 milhão que doei nesses últimos anos”, disse. “Fora o meu amor e tempo que dediquei como todos sabem e agora que não tenho mais dinheiro para dar, ainda fui demitida da Record. Parabéns, Igreja Universal, por levar minha alma ao inferno”. 

Recentemente, ela voltou à igreja acompanhada do marido Thiago Lopes, após eles reatarem o casamento. "Quero deixar claro que não concordo com a fogueira santa e também não gosto de algumas pessoas que lideram a Universal, mas como sei que o Bispo Guaracy e a dona Thais são pessoas de Deus, vou voltar a frequentar as reuniões do bispo, acompanhada do meu esposo", disse ela.