AnaMaria
Famosos / Eita!

Andressa Urach revela apoio a Bolsonaro e dispara: ''Brasil pode virar um comunismo”

A modelo se posicionou a favor do atual governo em rede social

Da Redação Publicado em 17/08/2021, às 17h09 - Atualizado às 17h10

Andressa Urach - Instagram/@andressaurachoficial
Andressa Urach - Instagram/@andressaurachoficial

Andressa Urachutilizou seu perfil no Instagram para comentar sua posição política. A modelo falou que não se calaria e também não aceitaria ver o seu país “virar um comunismo''. 

“Os artistas, na grande maioria, têm medo de se posicionar a favor de Bolsonaro, com medo de perder empregos e fãs”, escreveu ela nos stories, ressaltando que não quer fãs: “O único que tem que ser adorado é Jesus, quero um país digno para meus filhos viverem”.

Andressa também contou que não concorda com tudo que o presidente Jair Bolsonaro pensa, mas vai apoiá-lo até o final de seu mandato. “Ele tem valores cristãos. E o cristão que fica calado, depois não reclama do que a esquerda quer fazer com o Brasil. Dica aos lacradores: vão ler um pouco de história em vez de assistir TikTok", sugeriu.

A modelo aproveitou para comentar sobre a atual geração: “Precisam de pai e mãe para educar essas crianças. Olhem o que seus filhos estão fazendo na internet”.  

Por fim, a modelo reafirmou seu posicionamento dizendo que na época dela “uma cintada bem dada resolvia”. 

GRÁVIDA
Andressa respondeu a um seguidor que mandou mensagem dizendo que ela deveria ir para o Afeganistão, onde mulheres estão perdendo direitos e sendo submissas. Na resposta, a modelo contou que está grávida: “Estou grávida e você [seguidor] nem deveria estar me enviando essas mensagens. Eu amo ser submissa ao meu marido, afinal tenho um homem de verdade em casa, provedor, fiel e carinhoso”, rebateu.