AnaMaria
Famosos / SAÚDE

Aos 48 anos, Angélica comenta menopausa precoce: ‘‘Estava mal informada’’

Apresentadora lidou com calor, insônia e alterações de humor antes do previsto

Da Redação Publicado em 13/12/2021, às 11h45 - Atualizado às 11h46

Angélica falou sobre o assunto pela primeira vez - Instagram/@angelicaksy
Angélica falou sobre o assunto pela primeira vez - Instagram/@angelicaksy

Angélica abriu o coração sobre a chegada precoce da menopausa, em entrevista à revista CLAUDIA. Os primeiros efeitos das mudanças emocionais surgiram aos 43 anos na vida da apresentadora, que está com 48 atualmente. 

"Chegou precocemente [a menopausa]. Aos 43 anos, comecei a ter sinais, assim como a minha mãe e como a minha irmã. Alguns sintomas apareceram, mas fui levando, por falta de informação e por não querer tomar remédios", revelou a mãe de Benício, Joaquim e Eva

Segundo ela, foi difícil lidar com os sintomas iniciais. "Demorei a entender a menopausa precoce e me cuidar, iniciar o tratamento de reposição hormonal. Essa lentidão eu considero um erro. A notícia da menopausa em si não foi ruim, aos 45 anos, mas os sintomas, como o calor, insônia e alteração de humor, foram. Estava mal informada", contou. 

Por outro lado, Angélica deixou claro que está em paz com seu processo de envelhecimento. "Não importa um cabelo branco aqui ou uma ruga ali. São coisas naturais da vida de uma mulher. Eu não troco os meus 48 anos pelos meus 28 anos, por exemplo”.

A autoestima é tanta, que a apresentadora finalizou a entrevista pontuando o que mais valoriza em seu atual momento de vida: “Foi ótimo? Foi. Mas hoje me sinto segura, tenho uma família incrível, histórias para contar. Esses 20 anos me trouxeram aprendizados, conquistas, sofrimentos e alegrias", ressaltou.