AnaMaria
Famosos / Covid-19

Aos 53 anos, ator Eduardo Moscovis é internado com covid-19

O artista está no mesmo hospital em que Paulo Gustavo, vítima da doença, esteve

Da Redação Publicado em 05/08/2021, às 15h44 - Atualizado às 15h44

Eduardo Moscovis é internado após testar positivo para covid-19 - Instagram/@eduardomoscovisrj
Eduardo Moscovis é internado após testar positivo para covid-19 - Instagram/@eduardomoscovisrj

Notícia triste para os fãs do atorEduardo Moscovis! Acontece que ele está internado com covid-19, no Hospital CopaStar, no Rio de Janeiro. As informações são do colunista Ancelmo Gois, do O Globo.

Saiu, nesta quinta-feira (5), a notícia de que o artista estaria internado recebendo amparo médico, no mesmo hospital em que o falecido humorista, Paulo Gustavo, esteve por meses, antes de morrer no dia 4 de maio de covid-19. Vale lembrar que Luciano Szafir também ficou internado, pelo mesmo motivo, no CopaStar e, recentemente, recebeu alta.

Segundo o colunista, Eduardo, que tem 53 anos, não está em estado grave e seu quadro de saúde está evoluindo bem.

Moscovis é famoso pelo seu personagem Petrucchio, em 'O Cravo e a Rosa' e, atualmente, tem feito sucesso em uma série da Netflix: 'Bom dia, Verônica'.

CAROLINA FERRAZ

No ano passado, CarolinaFerraz relembrou, durante uma live em seu canal no Youtube, de uma situação constrangedora que viveu com Eduardo Moscovis.

Em 1997, os dois contracenaram juntos na novela ‘Por Amor’, transmitida no horário nobre. Em pouco tempo, surgiu um boato de que eles estariam envolvidos em um romance, mentira que resultou em seu afastamento.

“Foi difícil, né? A gente não tinha essa coisa da mídia social, é importante que as pessoas entendam o impacto que isso teve nas nossas vidas. Imagina com mídia social como teria sido, porque tinha cinco carros de paparazzis que dormiam acampados na porta da minha casa, sabe?”, desabafou ela.

E continuou: “Era uma perseguição física muito diferente. Você andava na rua e fotógrafos vinham atrás de você correndo. Era uma coisa muito invasiva”. Por fim, ela garantiu que, apesar da mágoa compartilhada com o colega, sempre o admirou muito como pessoa e profissional.

“A invasão dos fotógrafos era muito agressiva, era punk e teve um impacto nas nossas vidas. Foi tão grande que teve uma hora que o Du parou de falar comigo, a gente nunca teve caso, nunca rolou nada, nem flerte. O Du é um baita ator, um cara muito bacana, ótima pessoa, a gente nunca brigou”, completou Ferraz.