famosos   / Deu ruim

Após censurar vídeo de Fábio Porchat, Facebook é condenado pela Justiça

A rede social teve condenação pela Justiça de São Paulo, nesta quarta feira (15)

Da Redação Publicado quinta 15 julho, 2021

A rede social teve condenação pela Justiça de São Paulo, nesta quarta feira (15)
Fábio Porchat e Nataly Mega - Instagram/@fabioporchat

 

O Facebook vai indenizar em R$ 28,1 mil um usuário, que foi punido por compartilhar um vídeo em que aparece Fábio Porchat e Nataly Mega, esposa do humorista. Na ocasião, Porchat estava em uma live com Guilherme Boulos (PSOL) e Nataly passa ao fundo vestida com uma toalha. Fernando Meirelles postou a situação em sua página, o portal ‘Desmascarando’. 

Quando publicado o vídeo, o Facebook excluiu o post por entender que Meirelles fez propagação de nudez sem a autorização de Nataly. Além disso, suspendeu a página por 90 dias do programa de monetização.

Segundo informações do Uol, Fernando argumentou para a Justiça: “Além de estar envolta em uma toalha, a esposa de Fábio Porchat passa abaixada, sem que seja possível ver algo além de suas costas. O rosto da suposta vítima também não aparece”.

A rede social de Mark Zuckberg alegou que o usuário violou os termos de uso da rede: “Foram aplicadas restrições com a finalidade de preservar a página do autor e educá-lo acerca do uso do serviço”, informou.

Porém, para o juiz Mario Chiuvite Júnior, o Facebook apresentou uma justificativa muito rasa: O vídeo mencionado não apresenta tal tipo de conteúdo” explicou.  Por fim, Chiuvite determinou o cancelamento da punição e a indenização.
 

Último acesso: 28 Nov 2021 - 11:47:47 (1147664).