AnaMaria
Famosos / POLÊMICA

Após demissão, Evaristo Costa dispara críticas à CNN Brasil: ‘‘Deselegantes e despreparados’’

Jornalista afirmou que não questiona o desligamento, mas a maneira que tudo ocorreu

Da Redação Publicado em 14/09/2021, às 09h56 - Atualizado às 09h56

Revoltado, Costa fez questão de expor a situação - Instagram/@evaristocostaoficial
Revoltado, Costa fez questão de expor a situação - Instagram/@evaristocostaoficial

Evaristo Costa fez questão de expor os dramas em torno de sua demissão da CNN Brasil, anunciada no início deste mês. Em entrevista ao portal Notícias da TV, o jornalista não poupou críticas à emissora e à condução em seu desligamento - que foi descoberto ‘sem querer’, quando ele assistia à programação durante suas férias. 

“Eles foram extremamente deselegantes e despreparados durante o distrato. Fui surpreendido por quem não esperava, considero uma sabotagem. Mas quem levou o tiro no pé pela atitude foram eles mesmos. Eu optei pela verdade", declarou. 

Como já havia explicado em suas redes sociais, Evaristo reforçou que descobriu sobre a demissão sozinho. “[Estava] assistindo à chamada da nova programação e não me vi, nem meu programa, nem eu, lá”, disse. Foi então que o apresentador decidiu ligar na emissora, um dia antes do fim de suas férias, e descobriu que a CNN havia optado por retirar o ‘Séries Originais’ da programação. 

“Faltavam 15 meses [de contrato] ainda quando fui surpreendido. Não foi em comum acordo. A ação da CNN foi totalmente despreparada. Na hora de me contratar, aceitaram todas as minhas exigências com carpete vermelho. Na hora de me dispensar, me chutaram pela porta dos fundos, sem qualquer consideração", continuou o jornalista. 

A polêmica após a demissão de Evaristo foi tão grande que, segundo ele, a emissora chegou a enviar um texto para que ele se retratasse dizendo que o desligamento havia sido uma decisão conjunta entre eles. “Claro, não aceitei a mentira (...) Foi um prazer e um grande desprazer trabalhar lá. Não questiono a demissão, questiono a forma que se deu”, concluiu. 

OUTRO LADO

Também ao Notícias da TV, a CNN Brasil explicou que a demissão do apresentador ocorreu após Evaristo recusar novas ideias da emissora. "O fim do contrato ocorreu depois que proposta de outros modelos para sua atuação, inclusive a partir do Brasil, não foi aceita pelo profissional (...) A emissora considera que o episódio está superado e deseja a Evaristo sucesso em sua carreira”, afirmou em nota. 

PLANOS FUTUROS

Sucesso nas redes sociais, Evaristo Costa garante que pretende seguir com o seu ano sabático em Cambridge. "Quanto ao meu futuro, estou feliz e grato como garoto-propaganda de várias marcas que confiam na minha imagem e sigo na Inglaterra com meu sabático que foi interrompido pela CNN", disse.