AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Após escândalos, Gusttavo Lima pode ficar de 2 a 8 anos sem fazer show com verba pública

Gusttavo Lima pode ser condenado por receber cachês milionários de dinheiro público

Da Redação Publicado em 31/05/2022, às 15h27

Gusttavo Lima pode ser condenado de 2 a 8 anos por receber cachê milionário de verba pública - Instagram/@gusttavolima
Gusttavo Lima pode ser condenado de 2 a 8 anos por receber cachê milionário de verba pública - Instagram/@gusttavolima

Gusttavo Lima tem sido um dos nomes mais comentados nos últimos dias. Isso porque o cantor está atrelado a uma polêmica envolvendo os cofres públicos e os cachês milionários de seus shows. A pressão tem sido tanta que, na última segunda-feira (30), o sertanejo fez uma live em seu Instagram.

O choro durante o desabafo não veio à toa, afinal, Gusttavo pode ser punido seriamente, ficando de dois a oito anos sem fazer shows com cachê de verba pública. As consequências vão depender da investigação que o Ministério Público está realizando em alguns estados do Brasil.

O MP quer saber por que as prefeituras contratam o mesmo serviço — show de Gusttavo Lima — por quantias distintas. Por outro lado, um artista pode ser contratado sem licitação, pois é o único a oferecer o próprio serviço.

Caso o cantor seja condenado, é possível que se burle o que foi estipulado. Afinal, basta que uma empresa ofereça o show do sertanejo para as prefeituras do Brasil. Contudo, a condenação, de fato, de Gusttavo Lima é uma hipótese longinqua. 

Advogados do meio acreditam que dificilmente o artista será condenado, principalmente por ter relevância nacional e contar com apoio político no país.

CHORO EM LIVE

Gusttavo Lima se pronunciou sobre as investigações envolvendo seus shows em Conceição de Mato Dentro, em Minas Gerais; São Luiz, em Roraima; e Magé, no Rio, na noite da última segunda-feira (30), por meio de seu Instagram. Entre outras questões, o sertanejo foi contratado, na última quarta-feira, pela Prefeitura de Magé para se apresentar na comemoração dos 457 anos da cidade, no dia 8 de junho, pelo valor de um milhão e quatro mil reais.

"Eu nunca me beneficiei de dinheiro público ou empréstimo. A minha vida foi sempre trabalhar, fiz quase 300 shows em 2019. Somos uma equipe gigantesca de colaboradores, que nos ajudam a subir sempre mais um degrau. Não compactuo com uso de dinheiro público, tenho meus impostos em dia", ressaltou Gusttavo Lima no vídeo. 

Além disso, ele afirmou que está "levando muitas pancadas" e comentou que todos os artistas fazem show de prefeitura. "É sobre valorizar a nossa arte, é a nossa única coisa que temos para vender. Ganhamos dinheiro e pagamos nossas contas com isso. São mais de 500 funcionários que dependem de nós. Eu sou um trabalhador normal, como todos vocês", disse o sertanejo.

Veja a live: