famosos   / PRECONCEITO

Ariadna Arantes desabafa sobre ataques transfóbicos: ‘‘Cansada de lutar por respeito’’

Ex-’No Limite’ expôs 15 minutos de mensagens preconceituosas que recebeu

Da Redação Publicado quarta 28 julho, 2021

Ex-’No Limite’ expôs 15 minutos de mensagens preconceituosas que recebeu
Influenciador questionou a sexualidade de Ariadna e Thammy Miranda - Instagram/@ariadnaarantes

Ariadna Arantes, ex-participante do ‘BBB 11’ e do ‘No Limite’, surgiu muito abalada nas redes sociais para comentar os ataques de ódio que recebe diariamente. Os episódios de transfobia se intensificaram no início do mês, quando o perfil ‘Papo de Negão’ foi questionado por um seguidor se preferia ficar com Ariadna ou Thammy Miranda - a primeira uma mulher trans e o segundo um homem trans.

"Passei o dia inteiro cansada e bloqueando as pessoas. Um monte de ataques e eu não aguento mais esse tipo de situação. Um monte de gente defendendo aquele cara que fez um vídeo ridículo com a minha foto e a foto do Thammy", relatou aos prantos. 

Em seguida, mencionou que as principais críticas dizem que ela “não é mulher de jeito nenhum”. “Estou tentando ser forte, mas não estou conseguindo. Cada mensagem que leio eu não consigo me controlar. Passei o dia trancada”. 

A ex-BBB afirmou que a publicação do influenciador incentivou pessoas que pensam como ele a serem transfóbicas: “É exatamente esse tipo de situação que o cara poderia ter evitado me expondo dessa maneira. Um monte de gente aqui no Brasil pensa como ele. Já bloqueei mais de duas mil mensagens para minha mãe não lidar com isso. Estou exausta". 

Arantes ainda fez outra publicação em seu Instagram, dessa vez um vídeo expondo algumas das mensagens maldosas que recebeu. "15 minutos de comentários criminosos. Foi o que a piada gerou. Sim, preconceito, machismo, homofobia e transfobia gratuitos no Facebook e não adianta denunciar que não acontece nada”, escreveu na legenda. 

Por fim, declarou: “Estou cansada de ser chacota dessa gente. Estou cansada de ter que passar por isso. De explicar. De lutar por respeito. Eu estou cansada disso tudo. O Brasil infelizmente não vai mudar nunca e nossa luta parece que será sempre em vão".

Último acesso: 18 Sep 2021 - 03:51:40 (1148157).