AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria
Notícias / Famosos / Redenção

Arthur Aguiar diz que BBB foi uma oportunidade para se redimir com Maíra Cardi

O cantor Arthur Aguiar revelou que o convite para o reality foi uma resposta às suas preces

Da Redação Publicado em 30/07/2022, às 18h11

Arthur Aguiar participou do 'BrunetCast' - Instagram/@arthuraguiar
Arthur Aguiar participou do 'BrunetCast' - Instagram/@arthuraguiar

Arthur Aguiar revelou que o convite para o BBB 22 foi uma oportunidade para se redimir com a esposa, Maíra Cardi, após traições.

O vencedor da edição do reality afirmou, em entrevista ao podcast ‘BrunetCast’, que o convite veio num momento de muitas orações, em meio à polêmica envolvendo sua infidelidade no relacionamento com a coach.

“Antes da polêmica [das traições], eu não entraria no ‘Big Brother’. Eu sabia que para mudar o cenário que eu estava, precisava fazer algo muito extremista para mudar a minha realidade naquele momento. Eu pedi uma oportunidade para mudar o meu cenário”, explicou.

Em seguida, o ator disse que enxergou o convite como uma resposta às suas preces: “Quando chegou a oportunidade do ‘Big Brother’, em um primeiro momento, eu falei: ‘Não vou fazer’. Depois eu entendi que aquela oportunidade era a que eu tinha pedido para Deus”.

“Era uma oportunidade muito difícil, muito arriscada, mas que, se eu soubesse quem eu era, o que eu queria, o que eu precisava fazer, não tinha como dar errado”, concluiu.

REVELAÇÃO

Arthur Aguiar também fez algumas revelações chocantes em sua participação no ‘BrunetCast’, que foi ao ar neste sábado (30). O cantor contou que iniciou a vida sexual bem cedo: aos 11 anos de idade.

A declaração foi feita durante um papo sobre erros cometidos no passado. “[Iniciei a vida sexual] com 11, 12 anos [...] Muito cedo”, revelou. Além disso, ele disse que é “cheio de buracos emocionais”.

Arthur confirmou o envolvimento com diversas mulheres e pornografia durante a adolescência, quando seguia a referência de um amigo mais velho: “Ele me levava para todos os lugares. Sempre fui em baile funk de comunidade, para caramba. Ia a boates mesmo sem ter idade para isso. Hoje é mais difícil, mas na época eu entrava”.

O artista argumentou que a falta de diálogo com a família foi parte dos motivos para tomar algumas atitudes erradas no passado e explicou que tenta fazer o contrário com sua esposa e filha, sempre conversando bastante com ambas.

“Meu pai e minha mãe sempre trabalharam muito. E nunca existiu na minha família o diálogo”, afirmou. Na ausência dos pais, buscava o amigo para o ajudar.

“Com quem vou tirar dúvida, perguntar? Quem vai estar disponível e me ensinar? É essa pessoa [o amigo mais velho]. Eu via as atitudes dele, ouvia o que ele falava. E aquilo para mim era o caminho. Dentro do universo que eu conhecia, eu o via bem-sucedido. Ele era sete ou oito anos mais velho que eu. Tinha carro, trabalhava, tinha o dinheiro dele e tinha um monte de mulher. Para mim, aquilo era o certo, o caminho, o que tinha como referência”, relatou.

Assista ao ‘BrunetCast’ com Arthur Aguiar: