famosos   / Famosos

Atriz Linn da Quebrada coloca silicone e se emociona: ''Me senti livre''

A famosa ficou conhecida após interpretar uma travesti na série ‘Segunda Chamada’

Da Redação Publicado quinta 25 fevereiro, 2021

A famosa ficou conhecida após interpretar uma travesti na série ‘Segunda Chamada’
Linn da Quebrada e Débora Bloch nos bastidores de 'Segunda Chamada' - Reprodução/Instagram

A atriz e cantora Linn da Quebrada contou aos seus seguidores, nesta quinta-feira (25), que fez mamoplastia de aumento, para o implante de próteses de silicone. Ela, que se reconhece como uma travesti, interpretou a jovem Natasha, que lutava por seus direitos na série ‘Segunda Chamada’ (TV Globo), com Débora Bloch.

Em suas redes sociais, ela mostrou o antes e depois de sua transformação e disse que passou muito tempo se perguntando sobre “colocar ou não os peitos”.

“Sempre fui muito apaixonada por mim e pelo meu corpo. Nunca entendi ou senti que havia nascido no corpo errado. Amo cada transformação, cada mudança, cada movimento, e justamente por isso eu sabia que continuaria me amando ainda mais. Eu sentia que precisava me deslocar, transmutar e criar um novo órgão em mim para desorganizar um pouco mais o mundo lá fora”, iniciou ela na legenda da publicação.

“Mas principalmente para que eu me olhasse, mais uma vez, como se não me conhecesse. Para que eu fosse outra, transformar-me de novo, mudar para ainda assim permanecer a mesma”, completou.

Linn relembrou ainda do primeiro momento em que soube que isso era o certo a se fazer: “Lembro do primeiro dia que com um camisetão, sem revelar muito, mas entregue na sombra e na silhueta, percebi que minha postura estava mudando. Senti um peso no plexo solar se aliviando. Senti que não precisava provar nada a ninguém. (...) Eu chorei pq me senti livre.
Me sinto livre pra não ser nem homem nem mulher. Eu posso ser eu”, finalizou.

(Fotos:Reprodução/Instagram)

PRIMEIRO PAPEL NA TV

Em 2019, a artista disse que viu muito de si mesma na pele da personagem da série da Globo, e buscou referências em sua vida para passar veracidade na atuação.

"Minha personagem não sofre preconceito por sua sexualidade, sofre preconceito por ser quem é. Sofre preconceito por querer decidir sobre o seu próprio corpo. Natasha assim como eu e tantas outras pessoas trans e travestis são punidas socialmente pela sua coragem e determinação de lutarem pelo direito ao próprio corpo. Numa disputa territorial, de poder circular livremente por qualquer espaço e ter acesso à educação e trabalho como qualquer pessoa", comentou em entrevista ao Gshow.

Último acesso: 30 Nov 2021 - 09:09:37 (1141376).