famosos   / Demissão em massa

Boni sobre demissão dos veteranos da Globo: ''Jamais poderiam ir embora''

Diretor relembrou que contratou os grandes astros da emissora

Da Redação Publicado sábado 17 outubro, 2020

Diretor relembrou que contratou os grandes astros da emissora
Boni, de 84 anos, foi um dos nomes da direção da TV Globo - TV Globo

Boni, de 84 anos, se pronunciou sobre as demissões em massa da TV Globo, sobretudo dos grandes astros. Em entrevista ao 'Do Bom e do Melhor', da Rádio Bandeirantes, neste sábado (17), o diretor comentou sobre a saída dos veteranos da emissora e relembrou sua participação na contratação deles. 

“Tenho uma visão muito particular sobre isso. Essas pessoas vieram em 1967 a meu convite, acreditando em uma ideia, não por dinheiro", iniciou ele em referência a Glória Menezes e Tarcísio Meira, que estrearam na novela 'Sangue e Areia'. 

O diretor opinou ainda sobre os longos anos em que os astros estiveram no canal. "Não considero essas pessoas contratadas da Globo, as considero sócias e investidoras da TV Globo, elas jamais poderiam ir embora."

"Não é a TV Globo inteira, mas tinham 10, 15 pessoas ali, que teriam, sim, que ser mantidas pelo resto da vida lá”, acrescentou. 

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, a emissora despediu também Miguel Falabella, Vera Fischer, José de Abreu, Renato Aragão e outros nomes. Eles podem retornar, no entanto, com contrato apenas por obra e sem vínculo de longo prazo. 

É o caso de Antonio Fagundes. Após 44 anos na TV Globo, ele foi dispensado e retornará para o remake de 'Pantanal'. A novela deve estrear em 2021. 

Trata-se de uma nova política de cortes de gastos, já que a pandemia reduziu as receitas publicitárias da casa. 
 

Último acesso: 27 Oct 2020 - 02:30:32 (1127683).