AnaMaria
Famosos / Eita!

Bruna Marquezine é repudiada após usar fantasia de enfermeira no Halloween: ‘‘Inadmissível’’

Conselho de Enfermagem emitiu uma nota defendendo a valorização dos profissionais

Da Redação Publicado em 03/11/2021, às 08h38 - Atualizado às 09h58

Sexualização e desvalorização foram alguns dos tópicos abordados - Instagram/@brunamarquezine
Sexualização e desvalorização foram alguns dos tópicos abordados - Instagram/@brunamarquezine

Bruna Marquezine provavelmente não imaginava a polêmica que causaria ao se vestir como enfermeira para comemorar o Halloween, no último domingo (31). Isso porque o Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo (Coren-SP) considerou a vestimenta ofensiva e emitiu uma nota de repúdio contra a atriz. Confira: 

"É inadmissível que a fantasia de enfermeira, utilizada em carnavais, festas de Halloween e sátiras, continue sendo tolerada pela sociedade, sobretudo por formadores de opinião", dizia um trecho do comunicado em menção a episódios de assédio e violência contra as profissionais. 

O órgão regulador também citou outras duas atrizes que apostaram na fantasia de ‘enfermeira-sexy’ em comemorações passadas e se retrataram publicamente. “O tema já foi alvo de intervenções do Coren-SP por diversas vezes, como no episódio em que as atrizes Giovanna Ewbank e Ingrid Guimarães humildemente se retrataram por terem se apropriado da imagem da profissão com conotação sexual”. 

Segundo a nota, a categoria luta há décadas pela valorização e por respeito - o que não condiz com esse estilo de fantasias. Por fim, declarou: "O Coren-SP defende que todo o humor e diversão são válidos desde que não prejudiquem ou provoquem qualquer impacto negativo na vida do próximo. Por isso faz um apelo à sociedade e aos formadores de opinião: respeitem e valorizem as mulheres da enfermagem".

Vale mencionar que Bruna Marquezine não se pronunciou sobre as críticas até a publicação desta nota. Entretanto, a atriz optou por excluir as imagens em que aparece com a vestimenta temática de seus Stories.