AnaMaria
Famosos / Eita!

Bruna Marquezine revela para quem contou primeiro sobre filme ‘Besouro Azul’, da DC

Atriz Bruna Marquezine abriu o coração sobre as inseguranças e reação ao receber o convite

Da Redação Publicado em 11/03/2022, às 16h07

Brasileira interpretará a protagonista feminina Penny no filme ‘Besouro Azul’ - Instagram/@brunamarquezine
Brasileira interpretará a protagonista feminina Penny no filme ‘Besouro Azul’ - Instagram/@brunamarquezine

Bruna Marquezine deu detalhes sobre o convite para estrelar o filme internacional ‘Besouro Azul’, da DC Comics. O assunto foi abordado pela atriz em uma entrevista ao jornal Estadão, na última quinta-feira (10).

A brasileira revelou que a primeira pessoa a saber da novidade foi alguém pra lá de inusitado: o garçom de um bar onde estava em Nova York. “Eu falei pra ele: 'vou te contar uma coisa que ninguém sabe: eu vou fazer um filme da DC!'. Acho que ele pensou que eu estava maluca. Foi muita felicidade", disse aos risos.

Apesar da alegria, Bruna afirmou que não foi fácil conseguir o papel de protagonista. Um dos principais desafios da atriz foi lidar com a insegurança diante da comparação com as outras mulheres que participaram dos testes em Los Angeles.

"Eu olhava para outras meninas para ver se elas estavam estudando os mesmos textos que o meu e pensava: 'nossa, aquela ali é tão linda, será que está fazendo o mesmo texto?'. A comparação é inevitável e todas as inseguranças passam pela nossa cabeça", desabafou ela.

Além disso, a famosa afirmou que tem "tendência de me boicotar, ser perfeccionista no meu trabalho. Sempre acho que tenho algo para melhorar", o que teria potencializado ainda mais as inseguranças.

REPRESENTATIVIDADE

Outro assunto que veio à tona durante a entrevista foi a importância da representatividade latina em ‘Besouro Azul’. Isso porque quem protagonizará a produção ao lado da brasileira será Xolo Maridueña, que tem descendência mexicana, cubana e equatoriana.

Quanto à escolha de elenco, Marquezine celebrou: "Que cada vez mais a gente veja todo tipo de pessoa [latinos] ocupando esses espaços".

"O irmão de uma amiga disse: 'queria tanto que tivesse um super-herói latino, acho que ia me representar mais'. Isso mexeu tanto comigo, sabe? Precisamos falar sobre representatividade. Para mim, é muito importante ser a primeira protagonista brasileira. Isso me emociona muito e sou muito grata", completou a atriz em seguida.