AnaMaria
Famosos / Falou tudo!

Bruninho, do vôlei masculino, ressalta a importância do esporte na sociedade: ''Transforma e inspira''

O atleta refletiu sobre histórias inspiradoras que tiveram destaque nos Jogos Olímpicos

Da Redação Publicado em 09/08/2021, às 09h42 - Atualizado às 09h44

Bruninho na abertura dos Jogos Olímpicos - Instagram/@bruninho1
Bruninho na abertura dos Jogos Olímpicos - Instagram/@bruninho1

Sem dúvidas, a última edição das Olimpíadas foi a que teve a maior repercussão na mídia, em que diversos brasileiros abriram os olhos para enxergar o quão essencial é o esporte na sociedade. Diante da ocasião, quem aproveitou para fazer uma breve reflexão sobre tal assunto foiBruno Rezende, mais conhecido como Bruninho, capitão da seleção masculina de vôlei.

Em suas redes sociais, o levantador brasileiro começou parabenizando a todos que batalharam para chegar em Tóquio: "Realmente foi incrível ver o quanto os brasileiros torceram, sofreram e se emocionaram com as belas histórias que essa Olimpíada contou. Desde a menina Rayssa, passando pelo monstro Italo Ferreira, pela incrível Rebeca Andrade e muitos outros que venceram medalhas. E também aos que não conseguiram, mas demonstraram toda sua dedicação e esforço", prosseguiu.

Em seguida, o filho de Bernardinho reforçou que o incentivo e investimento no esporte devem ser feitos diariamente: "Os valores que enxergamos em muitas dessas histórias não devem nos emocionar apenas de 4 em 4 anos. Essa ferramenta chamada esporte pode e deve ser tratada como algo fundamental na nossa sociedade".

"E não digo somente de apoio aos atletas olímpicos. Digo que devemos ter nas escolas, nas comunidades, com as crianças, o incentivo do esporte no dia-dia", completou.

Por fim, Bruninho deixou uma importante mensagem: "Pensando um dia em termos outras histórias lindas contadas em Olimpíadas ou então cidadãos que, com os valores transmitidos pelo esporte, se transformarão em grandes campeões da vida. O esporte transforma e inspira".

"Não vamos deixar essa oportunidade passar... Vamos dar possibilidades aos nossos jovens e crianças de sonharem em um dia serem Rayssas, Rebecas e Thiagos", concluiu.

Confira: