AnaMaria
Famosos / Eita!

Camila Queiroz se pronuncia pela primeira vez sobre saída polêmica da Globo: ''Sugeri uma garantia''

Atriz deixou a emissora após um desentendimento com o autor Walcyr Carrasco

Da Redação Publicado em 21/12/2021, às 09h17

Camila Queiroz vive Angel em 'Verdades Secretas 2' - Reprodução/Instagram
Camila Queiroz vive Angel em 'Verdades Secretas 2' - Reprodução/Instagram

A polêmica envolvendo o nome de Camila Queiroz e da Rede Globo ganhou um novo capítulo, na última segunda-feira (20). Acontece que a atriz se pronunciou, pela primeira vez, sobre os motivos que a fizeram deixar a emissora carioca logo antes mesmo do fim das gravações de 'Verdades Secretas 2'

Visivelmente abalada, a interprete de Angel explicou que as "exigências" impostas por ela eram apenas uma garantia de que a personagem teria ou não um final. Isso porque Camila precisava dar continuidade a outros projetos profissionais - como o 'Casamento Às Cegas', na Netflix.

"Muito foi falado sobre exigências contratuais inaceitáveis, mas essas supostas exigências que eu fiz em nada fogem de padrões de contratos com artistas ou outros profissionais que buscam ter uma organização de seu desenvolvimento", disse.

Segundo a atriz, renovar a participação na trama significaria colocar outros trabalhos em um segundo plano: "Nesse caso específico, eu sugeri uma garantia pela obra porque me dedicar a mais uma temporada significaria abrir mão de outros projetos. Essa garantia é incomum? Eu acho que não".

Em seguida, Camila reiterou que jamais teve a intenção de interferir no desfecho da protagonista: "Nunca quis definir o que ia acontecer na narrativa. A única coisa que quis na época era saber o rumo da minha personagem para que eu enquanto atriz pudesse definir a construção do personagem".

"Precisava saber se estava construindo para a finalização ou prospectando para uma próxima temporada. Quero deixar claro que enviei uma mensagem para o autor e deixei claro que se o destino fosse a morte da personagem eu não me oporia, desde que fosse a decisão dele", concluiu.

Confira: