AnaMaria
Famosos / DESABAFO

Cristiano, dupla de Zé Neto, sobre ausência no velório de Marília: ‘‘Cada um tem seus traumas’’

Ônibus de Zé Neto & Cristiano não fez parte do cortejo em homenagem à Marília Mendonça

Da Redação Publicado em 08/11/2021, às 12h40 - Atualizado às 12h40

Cantores sertanejos se reuniram para honrar a cantora - Instagram/@zenetoecristiano e Twitter
Cantores sertanejos se reuniram para honrar a cantora - Instagram/@zenetoecristiano e Twitter

O cantor Cristiano, que forma dupla com Zé Neto, se pronunciou sobre as críticas à ausência do parceiro no velório de Marília Mendonça. O ônibus da dupla também não esteve presente no cortejo em homenagem à cantora, o que também gerou indignação entre os fãs. Nos Stories, no último domingo (7), o sertanejo afirmou que a realidade vai muito além do que aparece nas redes sociais ou na mídia. 

“Eu estava no velório, mas estava de boné, máscara e óculos. O Zé não foi. Quando minha mãe faleceu, o Zé tinha minha mãe como mãe, e ele não foi no velório dela e eu respeitei. Cada um tem sua forma de sentir dor, cada um tem seus traumas, suas angústias. Vocês têm que aprender a respeitar isso”, começou dizendo. 

Em seguida, Cristiano se revoltou contra as falsas aparências na web: “Para de achar que o mundo gira em torno dessa merd* de rede social. Só o que vocês veem na rede social, só o que a TV mostra é verdade”. 

O sertanejo explicou que o ônibus da dupla não fez parte do cortejo em Goiânia, no último sábado (6), devido a um show marcado no Rio de Janeiro (RJ). “Temos dois motoristas. (...) Nossos motoristas estavam cansados, saturados, emocionalmente abalados. Como eu exijo de um profissional que vá em um cortejo para mostrar um ônibus para fazer bonito para mostrar para a mídia?”, disparou. 

Por outro lado, Cristiano garantiu que ficou triste por não ter o ônibus da dupla no cortejo ao lado dos veículos de Maiara & Maraisa, Henrique & Juliano, Felipe Araújo, entre outros grandes nomes da música. 

“Vocês chegarem soltando palavras sem discernimento, sem educação, é o achismo. O que eu acho, o que eu penso e acabou. A vida não é assim. Olha a perda que a gente teve, um trauma, um colega de trabalho, uma amiga e vocês não respeitam”, disparou na sequência. 

O recado chegou ao fim com um pedido de desculpas pelo desabafo e de compaixão. Segundo Cristiano, uma minoria de seguidores foi responsável pelas críticas, mas foi o suficiente para machucá-lo. “A pessoa está tão chateada, lê as mensagens e se cobra achando que é péssima porque vocês fazem isso. O mundo tá doente”.