AnaMaria
Famosos / Lindas!

Daiana Garbin presta homenagem à filha Lua no Dia das Mulheres: “A menina mais forte”

Filha de Tiago Leifert e Daiana Garbin enfrenta um tipo raríssimo de câncer nos olhos

Da Redação Publicado em 09/03/2022, às 09h17

Jornalista se declarou à pequena guerreira através das redes sociais - Instagram/@garbindaiana
Jornalista se declarou à pequena guerreira através das redes sociais - Instagram/@garbindaiana

Daiana Garbin aproveitou o Dia Internacional da Mulher para prestar homenagem à filha Lua, na última terça-feira (8). A jornalista exaltou a força e os ensinamentos trazidos pela pequena ao enfrentar um retinoblastoma com apenas um ano de idade.

No Instagram, Daiana compartilhou um registro em que a menina aparece sentada em seu colo no sofá de casa. “A mulher que me ensinou tanto, em tão pouco tempo. A menina mais forte e alegre que eu conheço”, escreveu na legenda.

Ela continuou: “A pequena que faz eu me sentir a mulher mais importante do mundo quando diz: 'Mamãe, amo!'. Te amo, minha Lua, minha luz, minha força, minha vida!”, incluindo emojis de coração e lua.

Muitos amigos e fãs aproveitaram o espaço dos comentários para fazer elogios à dupla. “Lindeza de mulher ela é, e lindeza e fortaleza de mulher você é! Parabéns pelo nosso dia!”, escreveu Fernanda Gentil.

“Lindas vocês”, declarou Ana Paula Araújo. Por suas vezes, Ana Clara Lima e Andréia Sadi demonstraram seu carinho a Daiana e Lua através de emojis de corações e carinhas apaixonadas.

Confira a publicação do Dia Internacional da Mulher: 

DIAGNÓSTICO

Para quem não lembra, a filha de Daiana Garbin e Tiago Leifert foi diagnosticada com um câncer raríssimo nos olhos - chamado retinoblastoma. A doença acomete as células da retina, que acabam tendo um crescimento desordenado e formando tumores.

Em janeiro, os pais de Lua publicaram um vídeo em que detalharam o diagnóstico da pequena e alertaram para os riscos do retinoblastoma. Segundo eles, o caso da menina atinge os dois olhos e está em estágio avançado. Ela realiza tratamento quimioterápico há quatro meses para que possa se recuperar.

Relembre o vídeo: