AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria
Notícias / Famosos / Preocupação

Datena desabafa sobre medo de morrer de covid-19: “Fiquei muito mal”

De todas as doenças que já enfrentou, Datena afirmou que a covid-19 foi a pior

Da Redação Publicado em 19/07/2022, às 09h34

Aos 65 anos, apresentador foi internado em São Paulo para tratar a doença - Band
Aos 65 anos, apresentador foi internado em São Paulo para tratar a doença - Band

José Luiz Datena voltou ao comando do ‘Brasil Urgente’, na última segunda-feira (18), após passar alguns dias internado em São Paulo para o tratamento da covid-19. O apresentador desabafou sobre o período difícil que passou no hospital, em que chegou a acreditar que não resistiria à doença.

Logo no início do programa da TV Band, Datena relatou sua experiência traumática aos telespectadores. "Pelo menos em dois dias senti que não ia passar por essa. Foi uma paulada violenta", começou dizendo.

Ele completou, destacando os sintomas: "O que mais pegou foi o excesso de catarro, excesso de saliva e dor de garganta infernal. Quando a salivação aumenta, você nem percebe, produz e desce. Só que, com a garganta doendo, você sufoca com a saliva. Foram dois dias ruins”.

Aos 65 anos, o apresentador já enfrentou diversas doenças graves, incluindo um câncer no pâncreas há cerca de 15 anos, porém garantiu que nunca se viu tão perto da morte quanto ao lutar contra a covid-19.

"Já tive tumor no pâncreas, seis stents colocados, um infarto, problema sério de diabetes altíssimo - mas, de todas as doenças que enfrentei, doenças graves, essa foi a que senti que talvez não sobrevivesse. Achei que o sino tinha tocado para mim. Fiquei muito mal", contou ele.

Após o relato, Datena aproveitou o espaço do ‘Brasil Urgente’ para fazer um alerta ao público. "A gente abriu a guarda muito cedo. Tem que continuar usando máscara. Todo mundo tem que tomar essas atenções [máscara e vacina], principalmente o pessoal do meu grupo [de idade]", concluiu.