AnaMaria
Famosos / família

Deborah Secco se declara ao celebrar 5 anos da filha, Maria Flor: ''Amor puro e verdadeiro''

A atriz aproveitou a data especial para compartilhar uma homenagem à pequena

Da Redação Publicado em 04/12/2020, às 11h39 - Atualizado em 09/12/2020, às 10h10

Maria Flor completa 5 anos nesta sexta-feira (4) - Instagram/@dedesecco
Maria Flor completa 5 anos nesta sexta-feira (4) - Instagram/@dedesecco

O tempo voa! Maria Flor, primogênita de Deborah Secco, celebra mais um ano de vida nesta sexta-feira (4). Nas redes sociais, a mamãe coruja fez questão de homenagear a pequena. 

“Cinco anos. Os mais lindos das nossas vidas. Os cinco anos que mais fizeram sentido, mesmo em tempos tão difíceis. Dizem que criamos os filhos, mas acho que na verdade são eles que nos criam, nos moldam e nos preparam para enfrentar o mundo", escreveu a atriz na legenda da publicação. 

Para ilustrar a postagem, Deborah escolheu um vídeo em formato de retrospectiva, que mostra a evolução de Maria Flor. 

“Maria, você despertou emoções em mim que eu não sei descrever. Trouxe um amor puro e verdadeiro que jamais imaginei ser possível sentir. Você chegou e bagunçou tudo em mim para colocar tudo no lugar. E a cada dia que passa você transforma mais, multiplica o amor por mil, torna tudo leve e gostoso. São 1827 dias juntas. Os mais felizes da minha vida”, concluiu.

A pequena é fruto da união de Deborah e Hugo Mouro. 

INICIATIVA NO RELACIONAMENTO

DeborahSecco e o marido, HugoMoura, estão juntos desde janeiro de 2015. Do relacionamento, nasceu Maria Flor, que atualmente está com cinco anos. O casal se conheceu por meio de amigos em comum quando a atriz passava uma temporada em Salvador. 

O encontro, porém, só aconteceu mesmo depois que ela viu um clique do modelo no Instagram de um amigo, se interessou pelo bonitão e tomou a iniciativa de adicioná-lo na rede social. Foi o que bastou para que os dois dessem início ao romance e, pouco tempo depois, fizessem o anúncio da primeira gravidez.

"Eu engravidei com dois meses de namoro, então a gente transava dez vezes ao dia, quando transava médio. Estávamos naquele momento em que só transava. Depois, a gente começou a conversar, transar e cozinhar, transar e ver um filme, mas antes era só transar", revelou durante uma entrevista para Sabrina Sato. 

Deborah contou ainda que a gestação acabou afetando a frequência das relações sexuais com Hugo, sobretudo no início. "Mas no fim [da gravidez], deu uma animada master", contou. Ela afirmou que não perdeu o desejo pelo marido, mas que o casal não tem mais a possibilidade de ter tantos momentos juntos por conta da rotina.