AnaMaria
Famosos / Responsável!

Di Ferrero cancela show por aumento de casos de covid-19

O cantor Di Ferrero optou por cancelar show em São Paulo por alto número de casos da doença

Da Redação Publicado em 14/01/2022, às 14h29

Di Ferrero adia show em São Paulo - Instagram/@diferrero
Di Ferrero adia show em São Paulo - Instagram/@diferrero

Di Ferrero anunciou o adiamento do seu show em São Paulo por causa do aumento dos números de casos de covid-19 e Influenza no estado, no final da última quinta-feira (13). A performance estava prevista para acontecer dia 20 de janeiro, Di contou nas suas redes sociais que o show ficou para 24 de fevereiro.

“Salve Galera, recado importante! Como temos acompanhado nos últimos dias, os casos de COVID-19 e Influenza continuam crescentes. Por esse motivo, prezando pelo Bem Estar e Segurança de geral, desde a nossa equipe até aos fãs, infelizmente tivemos que adiar o show”, escreveu na legenda da postagem.

Mas fiquem tranquilos! Se já comprou o ingresso, ele continua válido para a próxima data: “Os ingressos que já foram adquiridos permanecem válidos para a próxima data . Para quem não puder comparecer, a solicitação de reembolso estará disponível até o dia 20/01 através do email contato@pixelticket.com.br. Tamo junto! Se cuidem e até daqui a pouco”.

Confira o post do cantor:

CANTOR JÁ TESTOU POSITIVO

Não é a primeira vez que Di Ferrero apoia o isolamento social. O cantor sempre deixou claro seu posicionamento e a importância de cuidar de si e dos outros neste momento difícil.

Ele, inclusive, passou por maus bocados no começo da pandemia. Em março de 2020, o cantor testou positivo para a nova época. Em uma época de muita incerteza sobre o que fazer, ele se pronunciou: “Vamos se cuidar e cuidar um do outro! Desejo a todos muita calma e consciência social para passamos juntos por essa", disse na época.

Para Di foi um grande baque. O cantor teve complicações pulmonares por conta do coronavírus e comentou também a solidão do isolamento: “Passei por momentos chatos, pelo lance da respiração, vem o desespero ao respirar curto. Fiquei 20 dias sozinho. Eu tava rouco, canto todos os dias, então era uma agonia, e fiquei: ‘caraca, será que a minha voz vai voltar do jeito que era?’ Fiquei muito rouco”, disse o artista, que hoje está recuperado.