AnaMaria
Famosos / Famosos

Dias após terminar namoro, João Guilherme pensa em reatar: ''É a minha intenção''

O ator comentou sobre a evolução pessoal da ex, Jade Picon, e explicou que os dois apenas deram um tempo no relacionamento

Da Redação Publicado em 02/09/2021, às 11h43 - Atualizado às 11h47

João Guilherme não está mais namorando Jade Picon - Reprodução/Instagram
João Guilherme não está mais namorando Jade Picon - Reprodução/Instagram

Recentemente, João Guilherme Ávila comunicou sua separação da namorada, Jade Picon, com quem ficou por três anos. Em uma live no Instagram, na última terça-feira (31), o filho de Leonardo revelou alguns detalhes do motivo que fez o ex-casal dar um tempo no relacionamento.

“Eu e a Jade estamos em momentos diferentes. A gente se ama muito e nunca foi um casal de ficar brigando, de desrespeitar o outro, de sair brigado de algum lugar e de ficar sem se falar. Então, a gente não teve nenhuma treta, nenhuma briga. Não foi por isso que a gente resolveu terminar.  A gente enxerga as coisas”, iniciou ele na gravação.

Hoje aos 19 anos, João percebe que consegue enxergar melhor os anseios e evoluções de cada um. Jade, de 20 anos, está passando por transformações na vida que não combinam com as do ator, segundo aponta ele.

“A Jade está num momento da vida dela, profissional, muito diferente do meu. Então, a gente achou que era melhor para nós dois, hoje, ela crescer sozinha durante um tempo. Crescemos muito juntos e evoluímos muito. Aprendemos muito. E aí voltamos para uma caminhada sozinhos. Foi assim que a gente se conheceu, os dois sozinhos. E a gente era perfeito um para o outro”, contou.

Apesar do término, ele não descarta uma possível volta do romance com a irmã de Leo Picon. “Um dia, a gente se encontra de novo”, ressaltou.

A gente tem um carinho muito grande um pelo outro. Então, é muito fácil a gente se gostar de novo, a gente se encontrar de novo. E, na real, essa é a minha intenção, para ser bem sincero. É uma menina que eu admiro muito. É uma pessoa que eu quero ter por perto como amiga, como minha peguete, como namorada, futuramente, ou como minha mulher quando eu for muito mais velho. Isso aí só Deus vai saber”, concluiu.