AnaMaria
Facebook AnaMariaTwitter AnaMariaInstagram AnaMariaSpotify AnaMaria

Do reality ao estrelato, Ana Clara Lima acredita que nasceu para ser comunicadora

Ana Clara mostrou ao que veio desde sua participação no BBB18 e conquistou espaço importante na Globo

Karla Precioso Publicado em 02/07/2022, às 08h00

Ana Clara Lima foi finalista no BBB18 - Instagram/@anaclaraac
Ana Clara Lima foi finalista no BBB18 - Instagram/@anaclaraac

Quem disse que o terceiro lugar em um reality cai no esquecimento? Ana Clara Lima prova justamente o contrário. Finalista da 18ª  edição do ‘Big Brother Brasil', da Globo, a jornalista e atriz ganhou espaço como apresentadora e segue sendo uma grata surpresa. Até o poderoso Boninho já teceu elogios ao talento, desenvoltura, autenticidade e segurança da moça na hora de comandar uma atração. 

Já passou pelo Vídeo Show, reforçou ao que veio à frente dos ‘Plantão BBB’ e ‘Rede BBB' e, agora, crava seu sucesso também em BBB – ‘A Eliminação’ e 'Fora da Casa', no Multishow. Seu canal no YouTube não fica para trás, com vídeos sobre seu dia a dia, gostos e opiniões. Aliás, como uma boa ariana, é um tanto impulsiva, porém reservada. E expor o que pensa é uma de suas marcas. 

No entanto, apesar de ter milhares de seguidores, grande interação com o público e estar diversas vezes nos trending topics do Twitter, pasmem, ela declara não ser uma usuária recorrente das redes sociais: “Gosto de viver bem a realidade, dar atenção àquilo que estou fazendo. Quando penso em postar, perco um pouco o foco. E, talvez por isso, não compartilho ou posto tanto assim. Até porque gosto de postar conteúdo de qualidade e isso demanda bastante tempo e atenção – e nem sempre tenho esse tempo disponível”. 

Aos 24 anos, Ana Clara diz ainda que sempre sonhou com sua independência financeira, e já conseguiu essa façanha. Pudera, madura e consciente, ela vive pronta para encarar novos desafios e mostrar que sua ‘estadia’ na casa mais vigiada do Brasil não foi em vão!

Desde sua participação no BBB18, o que mudou em sua vida de lá para cá?

Mudaram tantas coisas, eu não imaginava que eu iria chegar aonde eu cheguei, fazendo publicidade com marcas de que eu gosto e em que acredito, e me firmar como apresentadora de televisão.

Ser uma sister ensinou a você algumas lições? Quais?

Ter vivido essa experiência me ensinou a lidar com as minhas emoções de uma maneira diferente, e ter participado do reality me trouxe um amadurecimento muito significativo na vida pessoal.

Com a experiência, se entrasse na casa hoje novamente, o que faria de diferente?

O que torna a experiência única é realmente não ter referência do mundo externo, mas eu acho que eu confiaria mais em mim, em meus sentimentos, apostaria mais nas minhas opiniões, porém é muito fácil falar isso olhando aqui de fora. Lá dentro é diferente, não conseguimos jogar assim.

Sentiu ou ainda sente algum olhar de reprovação, já que ainda rola um certo preconceito com quem começou em um reality?

Sempre fui bem tratada nos estúdios da Globo e nunca tive nenhum problema com outro funcionário por ser uma ex-BBB, nem com qualquer outra pessoa.

Como é para você assistir ao programa, ver um jogador se perder dentro do jogo, fazer escolhas erradas e cometer erros que custarão caro aqui fora?

Acredito que o papel do participante do BBB é se jogar. Essa questão de se perder durante o jogo ou tomar decisões erradas não existe dentro da casa. Lá o participante só tem a sua própria intuição para confiar – o que é muito complicado porque leva as pessoas a perderem ou ganharem o apoio do público. E isso é uma pena, pois as pessoas acabam passando isso de dentro do programa para fora da casa.

O que realmente não tem perdão para Ana Clara?

É complicado saber porque eu sou uma pessoa que fica com raiva muito fácil, mas, dependendo do caso, eu esqueço muito fácil também. Acredito que cada situação é única e eu não sei dizer o que não tem perdão para mim [risos]. 

O Boninho já chegou a usar as redes sociais para parabenizar e dizer que você merece mesmo espaço na emissora. Com o elogio, o desafio aumenta?

Eu acho que o desafio não aumenta, esse tipo de coisa é como um presente, um atestado de que eu estou indo no caminho certo. É um estímulo para se esforçar, melhorar e se aprimorar cada vez mais. 

Quando fez o ‘Rede BBB’ e ‘Plantão BBB’, você mostrou autenticidade e segurança. Atualmente, está à frente do BBB - ‘A Eliminação’ e ‘Fora de Casa’. Ser apresentadora é um sonho realizado?

Com certeza, me tornar apresentadora foi um sonho realizado, desde lá atrás, quando fiz o ‘Vídeo Show’. Fazer televisão, na verdade, é muito especial porque eu sempre quis trabalhar com audiovisual. Cursei Jornalismo, então, tudo isso é um presente para mim. Me sinto realizada por estar na posição que ocupo hoje em dia. Os programas são incríveis!

Nas redes sociais, você já comentou que recebe muitas mensagens elogiosas ao seu trabalho, mas, apesar da interação com o público, não é uma usuária recorrente da ferramenta. Por quê?

Gosto de viver bem a realidade, dar atenção àquilo que estou fazendo. Quando penso em postar, perco um pouco o foco. E, talvez por isso, não compartilho ou posto tanto assim. Até
porque gosto de postar conteúdo de qualidade e isso demanda bastante tempo e atenção – e nem sempre tenho esse tempo disponível.

Mas você chegou até a reestrear seu canal no YouTube...

Sim e fiquei muito feliz com isso. Afinal, não deixa de ser uma oportunidade de compartilhar mais sobre o meu dia a dia, minhas opiniões e gostos.

Qual é o lado bom e o lado ruim de ter milhões de seguidores? Você pensa muito antes de fazer qualquer coisa para não ser ‘cancelada’?

Eu adoro compartilhar o meu dia e as novidades com os meus seguidores. Aliás, ver essas pessoas felizes com o resultado do meu trabalho é muito bom, recebo várias mensagens legais, e isso é incrível! Mas tem o lado ruim… A gente fica com a sensação de que devemos algo e temos a obrigação de sempre fazer algo novo. E isso é uma coisa que acaba comigo. Esse sentimento me prejudica muito. Ter que pensar antes de fazer qualquer coisa para não ser cancelada é algo difícil, complicado... 

Por outro lado, acredito que isso também depende muito do bom senso das pessoas. Assim como tem aquelas que entendem, há outras que só estão esperando a primeira oportunidade para te cancelar… Situação bem complicada essa, mesmo.

Você continua sendo um dos rostos mais orçados para campanhas on-line, representando várias marcas, mesmo em meio à pandemia. Seu nome tem sido visto nos trending topics do Twitter também: sorte ou reconhecimento?

Estar nos trending topics é uma questão de reconhecimento, mas também é muito cíclico essa vida que temos na mídia. Hoje estou em um momento muito bom da minha profissão, estou bem feliz e realizada, com várias coisas para conquistar ainda. Mas as coisas podem mudar de repente e é preciso ter alguns momentos para ficar mais em off e pensar na possibilidade de voltar a viver fora dos holofotes. 

Como falei, é um reconhecimento e muito especial estar nos trending topics, ler o que as pessoas falam sobre nós, porém não tem nada a ver com sorte. Existem os altos e baixos, e eu acho que eles são saudáveis na nossa vida.

Há um tempinho, você apareceu malhando em alguns posts. O que aconteceu, já que você sempre assumiu que não era tão chegada assim em se exercitar?

Meu estilo de vida mudou muito. Hoje eu gosto de me exercitar, amo ver os resultados dessa prática no meu corpo. Além disso, fico mais disposta e feliz. São dois hábitos que desenvolvi e estão me fazendo muito bem: praticar atividade física e acordar cedo. 

Qual é o seu diferencial? Aquilo que fez você não ser esquecida e continuar na TV, mesmo depois da sua passagem pelo BBB?

Eu acredito que eu nasci para ser comunicadora. A Globo enxergou potencial em mim e eu fico muito feliz por isso, pois eles são experientes, fazem televisão há anos e conhecem muito bem esse meio de comunicação. Portanto, se enxergam meu potencial é porque realmente alguma coisa ali é legal, né [risos]?

Você é ariana e, como tal, impulsiva. É assim mesmo?

Não entendo muito sobre signos, mas acredito que eu seja bem ariana, sim [risos]. Sinto raiva muito rapidamente, sou estressada e bem impulsiva. Encrenqueira eu não sou, mas, ao longo dos anos, minha personalidade foi mudando. Lidar com diversas situações na vida me fizeram mudar e amadurecer.